Time GRANDE!

Como você sabe que um time é Grande, mas GRANDE, mesmo? Quando os torcedores de TODOS os outros times torcem contra ele, oras!

Do proprietário deste blog, Marcos Doniseti.

domingo, 13 de agosto de 2017

Grêmio perde, Renato 'joga a toalha' e diz que time disputará Brasileiro com a garotada! - Marcos Doniseti!

Grêmio perde, Renato 'joga a toalha' e diz que time disputará Brasileiro com a garotada! - Marcos Doniseti!
Fábio Carille realiza um trabalho brilhante no Corinthians nesta que é a sua primeira temporada como treinador. Junto com Jair Ventura e Renato Portaluppi, ele é um dos três melhores treinadores do país atualmente (sem considerar Tite, é claro). 

Em uma rodada na qual o líder incontestável do Brasileiro (Corinthians, é claro) não jogou, o Grêmio usou um time inteiramente reserva na partida em que foi derrotado pelo Botafogo (1X0), que também jogou com reservas. 


E após a partida, o treinador do time gaúcho disse que o Grêmio irá priorizar a disputa da Libertadores e da Copa do Brasil, pois está mais próximo da disputa pelo título nestes campeonatos.

Na prática, Renato jogou a toalha no campeonato Brasileiro. 

Afinal, a previsão que ele fez, de que o Corinthians iria despencar, não aconteceu. E a julgar pela ótima partida que o Corinthians fez contra o Sport, isso não irá ocorrer. Assim, ele prefere usar a garotada do Grêmio no Brasileiro. 

Logo, a forte competitividade e qualidade do futebol que o Corinthians está jogando fez mais uma vítima. 

Aliás, Corinthians, Grêmio e Botafogo são os grandes destaques do futebol brasileiro em 2017. Não é coincidência que eles são os três times melhor organizados taticamente nesta temporada. 

Isso demonstra que aquela época em que bastava contratar jogadores renomados ou caros, que custaram milhões de Reais, para conquistar títulos acabou. Os clubes que desejarem conquistar títulos terão que trabalhar na linha de Corinthians, Grêmio e Botafogo. 

Enquanto isso, o Atlético-MG esboça uma reação e conseguiu derrotar o Flamengo (2x0) em partida disputada em Belo Horizonte, chegando a 26 pontos, 3 a menos do que o quinto colocado (Sport). 

Isso comprova que a diretoria do Flamengo demorou para demitir o limitado Zé Ricardo, que não conseguiu definir um padrão de jogo para o time. O novo treinador do Flamengo, o colombiano Reinaldo Rueda, assistiu ao jogo no 'Horto' e não deve ter gostado do que viu. Ele terá que trabalhar muito para conseguir melhorar o desempenho do time, que é muito desorganizado.

O Palmeiras, por sua vez, apenas empatou com o Vasco (1 X 1), em partida disputada em Volta Redonda. Logo após a partida em que foi eliminado na Libertadores o treinador Cuca afirmou que o time irá priorizar a conquista de uma vaga para a Libertadores de 2018, o que é algo mais do que previsível, até porque a distância para o líder Corinthians (47 pontos contra 33 do Palmeiras) é muito grande e poderá aumentar ainda mais se o Timão derrotar a Chapecoense, em partida que será disputada no dia 23 de Agosto. 

Pelo elenco que possui, o Palmeiras tem a obrigação de conquistar tal vaga, que foi a única 'conquista' que o clube (que investiu R$ 120 milhões em contratações para 2017) poderá alcançar até o final desta temporada. 

Outro destaque da rodada foi a vitória do São Paulo sobre o time misto do Cruzeiro (que jogará semifinal da Copa do Brasil no meio da semana e poupou vários titulares) por 3X2. Hernanes foi o grande destaque positivo do jogo. E o destaque negativo da partida (ao lado do árbitro) foi Rodrigo Caio, que falhou feio no lance que resultou no segundo gol do Cruzeiro (marcado por Sassá). 

Mas a vitória são-paulina foi conquistada com a decisiva ajuda da arbitragem, que assinalou um pênalti inexistente sobre o atacante Gilberto e que foi convertido por Hernanes, marcando o terceiro gol do time do Morumbi (3X2). Hernanes também marcou um belo gol de falta e cobrou o escanteio que resultou no segundo gol do tricolor paulista, marcado de cabeça pelo zagueiro equatoriano Arboleda.

Com isso, o São Paulo saiu, mesmo que de maneira temporária, do Z4. 

Para esta partida, o treinador Dorival Jr. mexeu no esquema tático (adotando o 4-1-4-1) e tirou Jucilei (entrou no segundo tempo) e Cueva do time titular. Apesar disso, o Cruzeiro foi melhor no primeiro tempo e o SPFC somente saiu com a vitória devido à ajuda inegável da arbitragem. 

O pênalti marcado para o SPFC foi ridículo, pois Gilberto saltou na área do Cruzeiro (provavelmente ele enxergou uma piscina dentro da mesma...) e o jogador do time mineiro que estava próximo até fez um movimento para evitar o contato. 

Enquanto isso, no Sábado, o Avaí derrotou o Vitória (1X0), em Salvador, e o Atlético-GO ganhou do Coritiba (1X0), mas os resultados não foram suficientes para tirar os dois times do Z4. E no domingo, o Atlético-PR goleou o Bahia (4X1), chegando à sexta colocação no campeonato, tirando o Flamengo do G6, e o Sport apenas empatou com a Ponte Preta jogando no Recife (0X0). 

O atacante André, do Sport, reclamou após a partida que o time campineiro jogou apenas se preocupando em se defender. Mas o que ele queria que a Ponte Preta fizesse se ela está muito próxima do Z4 (tem apenas 24 pontos, contra 22 da Chapecoense, que tem 22)? Se o Sport não conseguiu furar a defesa do time campineiro, então a culpa foi do time pernambucano, que não teve competência para fazer o gol da vitória. 

Agora, faltam duas partidas para fechar essa 20a. rodada. O Santos jogará contra o Fluminense, no Pacaembu, em partida que promete ser equilibrada. Levir Culpi irá poupar alguns jogadores importantes (David Braz, Bruno Henrique e Copete). 

Após esta rodada, a disputa por vagas na Libertadores continua embolada, sendo que entre o Sport (5o. colocado, com 29 pontos) e a Ponte Preta (24 pontos, 14a. colocada) temos apenas 5 pontos de diferença. E como estes times estão ganhando um do outro, todos eles tem chances de brigar por vagas na Libertadores. 

Links:

Classificação do Brasileiro:

http://espn.uol.com.br/campeonatos/brasileiro/classificacao

Santos é o time mais beneficiado por erros de arbitragem no Brasileiro 2017:

https://blogdojuliogomes.blogosfera.uol.com.br/2017/08/13/ate-agora-apito-ajudou-o-santos-e-prejudicou-o-vitoria-no-brasileiro/

Entenda de que maneira Clayson melhorou o seu desempenho no Corinthians:

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/entenda-como-clayson-evoluiu-com-carille-e-ganhou-sequencia-no-corinthians.ghtml

Veja como funciona o Cifut (Centro de Inteligência) do Corinthians:

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/reforcos-tatica-veja-como-funciona-o-centro-de-inteligencia-do-lider-corinthians.ghtml

10 Mitos sobre o Corinthians de 2017:

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/mito-ou-verdade-analisamos-dez-cliches-sobre-o-lider-corinthians.ghtml?utm_source=Twitter&utm_medium=Social&utm_campaign=ge_corinthians

domingo, 6 de agosto de 2017

Corinthians dá show e derrota o Sport na Arena! - Marcos Doniseti!

Corinthians dá show e derrota o Sport na Arena! - Marcos Doniseti!
Estas são algumas das inacreditáveis realizações do Corinthians no primeiro turno do Brasileiro 2017. E segundo os matemáticos o Corinthians já tem vaga garantida na Libertadores de 2018 e não tem mais qualquer chance de ser rebaixado.

O Corinthians encerrou o primeiro turno do Brasileiro 2017 com a melhor campanha da história dos campeonatos de pontos corridos que contaram com a participação de 20 clubes, totalizando 47 pontos entre 57 possíveis, com a vitória conquistada sobre o Sport (3 X 1) em sua Arena. 


Estou indo a todos os jogos do Timão, na Arena, neste Brasileiro. 

Assim, posso afirmar, com tranquilidade, que esta foi a melhor partida do Corinthians nesta temporada. O Timão jogou muito bem. Todos os jogadores tiveram uma excelente atuação, com destaque para Clayson, Rodriguinho, Fagner e Romero. 

Gabriel e Maycon também atuaram muito bem na proteção à defesa corintiana (o que sempre acontece, aliás) e Pedro Henrique fez uma ótima partida, muito segura, chegando a marcar o terceiro gol do Timão (de cabeça, em escanteio muito bem cobrado por Clayson). 

Maycon faz um campeonato fantástico e está atuando de forma mais ofensiva, chegando mais ao ataque e finalizando mais. Cássio fez algumas excelentes defesas, fechando o gol corintiano, impedindo que André marcasse dois gols feitos, cara a cara com o jogador do time pernambucano.

A partida se desenvolveu de tal maneira que sequer parecia que o Corinthians jogava contra o sexto colocado do Brasileiro, mas sim contra um dos últimos colocados, tal a diferença entre os dois times. 

O Corinthians entrou focado na partida pressionando o Sport desde o início. E com cinco minutos já tivemos uma boa finalização de Rodriguinho (um dos melhores do jogo e que fez uma das melhores atuações dele no Timão), que o Magrão espalmou para escanteio.

No entanto, apenas três minutos depois o Corinthians abriu o placar com um chute cruzado e forte de Arana, que pegou uma bola difícil, de primeira, fora da área, pois ela veio quicando no gramado. O Corinthians ainda teve outras chances para marcar (duas com Rodriguinho e outras duas com Clayson), mas o primeiro tempo terminou 1 X 0. 

Enquanto isso, Cássio pouco foi exigido, a não ser em um escanteio e em chutes de fora da área que ele defendeu com tranquilidade. 

No segundo tempo, Rodriguinho fez um belíssimo gol logo aos 17 segundos e matou o jogo. Dali em diante, o Sport (que tem um bom time e que não joga na retranca) tentou ir para a frente, com Luxemburgo tirando Osvaldo e Everton Felipe do time, mas isso não impediu o Corinthians de marcar o terceiro em uma cobrança de escanteio. O Sport diminuiu depois, com um belo gol, em um chute indefensável desferido por Thallyson. 

Embora o Corinthians tenha dado uma relaxada após marcar o terceiro gol (com a torcida gritando 'olé' e fazendo sucessivas 'Olas'), a vitória foi garantida, para desespero dos rivais, que acreditavam que o Timão iria 'despencar' no campeonato. 

Como muitos já afirmaram, o Corinthians é um time muito bem organizado taticamente, possuindo um sólido sistema defensivo. 

E uma demonstração clara disso é que os times adversários precisam finalizar 29 vezes para conseguir marcar um gol no Timão. Enquanto isso, bastam 7,5 finalizações para marcar um gol no São Paulo, 8,5 finalizações para marcar um gol no Palmeiras, 9 finalizações para marcar um gol no Flamengo e 12 finalizações para marcar um gol no Grêmio.

Obs: Estatística obtida no Twitter, na conta do 'Footstats'. 

Algumas observações sobre o Corinthians!

1) Em um determinado momento do primeiro tempo, Jô percebeu que o Sport estava apenas com Magrão e mais um jogador para fazer a saída de bola. Ele fez um sinal com o braço esquerdo, chamando outros jogadores para marcar e o resultado é que o jogador do Sport foi pressionado na linha de fundo e teve que dar um chutão para a frente e a bola voltou para o Corinthians;

2) A recomposição defensiva do Corinthians é muito rápida. É comum ver o time perder a bola no ataque e os jogadores voltarem rapidamente para formar as linhas defensivas. E isso acontece também quando algum jogador perde a bola. Ele se posiciona rapidamente para impedir que o adversário inicie uma jogada de contra-ataque;

3) O público na Arena superou 41.200 pagantes e a arrecadação ultrapassou os R$ 2,4 milhões. É provável que os jogos na Arena terão sempre um público superior a 40 mil pessoas até o final do campeonato Brasileiro;

4) No momento em que se anunciava a escalação do Corinthians, os jogadores mais aplaudidos foram Jô e Romero. Depois deles, o mais aplaudido foi o treinador Fábio Carille;

5) Clayson fez a sua melhor partida pelo Corinthians. Ele parece ter sentido a pressão de jogar por um time tão grande, com uma torcida que cobra muito os jogadores e que havia acabado de ser campeão Paulista. Gradualmente ele foi se soltando nas partidas, ganhando confiança. 

Assim, o seu desempenho melhorou bastante e foi um dos melhores nesta vitória contra o Sport, sendo bastante aplaudido quando foi substituído por Pedrinho;

6) Pedrinho entrou muito bem na partida, partindo para cima dos adversários, driblando, construindo boas jogadas, ao mesmo tempo em que recuou para fechar a marcação na defesa. Percebe-se rapidamente que ele é um jogador diferenciado, que pensa rápido, toca a bola com facilidade e com muita categoria. O Corinthians está preparando para ser titular em breve, como o próprio Fábio Carille disse recentemente. Ele precisa apenas ser lapidado e lançado sem sustos. Tem grande futuro essa joia corintiana;

7) Romero fez uma excelente partida. Inclusive, ele não é mais aquele jogador que apenas corre e marca com intensidade, voltando para fechar o lado esquerdo da defesa corintiana e bloqueando os contra-ataques dos adversários. Ele também evoluiu muito no aspecto técnico, sendo que passou a errar muito menos passes, a dar assistências, a driblar (em um certo momento da partida contra o Sport ele passou por dois jogadores do Sport) e a dominar a bola com facilidade e categoria;

8) Apesar das ausências de Pablo e Jadson, dois titulares incontestáveis, o Corinthians fez uma ótima partida. Clayson e Pedro Henrique, seus substitutos, foram muito bem. E quando Arana sentiu dores, Léo Príncipe (que é lateral direito) entrou em seu lugar e jogou bem (Moisés não estava no banco de reservas, pois não foi relacionado para a partida). 

Logo, sempre que o Corinthians precisa usar dos jogadores reservas eles estão correspondendo às expectativas. Isso mostra que o Corinthians não tem apenas um time titular, mas também possui um bom elenco;

9) A formação usada por Fábio Carille contra o Sport deixou o Timão mais leve, rápido e ofensivo e mostra que ele poderá mudar o esquema de jogo do time quando assim o desejar e que isso não resultará em queda na qualidade do jogo do Corinthians, muito pelo contrário;

10) O Corinthians ficará duas semanas sem jogar. Sua próxima partida será apenas contra o Vitória, na Arena, no dia 19/08, pois a Chapecoense fará alguns jogos no exterior e a partida contra o time catarinense (que será na Arena Condá), que deveria ocorrer no próximo domingo (13/08), acontecerá apenas no dia 23/08. 

Com isso, o Corinthians terá tempo para treinar novas jogadas e posicionamentos, recuperar jogadores que estão desgastados fisicamente e que se encontram lesionados, o que será bom para o Timão;

11) Se o Corinthians mantiver a mesma seriedade e determinação que tem demonstrado até agora nesta temporada, e no campeonato Brasileiro, muito dificilmente deixará de conquistar o título. Mas é bom que se ressalte: Não tem nada decidido, ainda. E os próprios jogadores do Timão estão muito conscientes do fato, tanto que após o jogo contra o Sport o discurso de todos era o mesmo: manter o foco, respeitar os adversários e pensar sempre no próximo jogo.

Comentários sobre os resultados da 19a. rodada!

Corinthians e Grêmio venceram as suas partidas (contra Sport e Atlético-MG, respectivamente) e, logo, a diferença de 8 pontos do Timão para o time gaúcho se manteve inalterada. O Corinthians chegou a 47 pontos (82,5% de aproveitamento) e o Grêmio atingiu os 39 pontos (68,4% de aproveitamento). 

Enquanto isso, o Santos (35 pontos; 3o. lugar) empatou com o Avaí (0 X 0), o Palmeiras (32 pontos; 4o. lugar) perdeu para o Atlético-PR (0 X 1) e o Flamengo (29 pontos; 5o. colocado) foi derrotado pelo Vitória (0 X 2), o que resultou na demissão do treinador Zé Ricardo neste domingo. O time paranaense chegou a 26 pontos e subiu para a 8a. posição. 

O Cruzeiro empatou com o Botafogo (0 X 0), resultado que foi ruim para os dois times. O time mineiro tem 27 pontos (7o. colocado) e o time carioca chegou a 25 (11o. colocado). 

O Fluminense derrotou o Atlético-GO (3 X 1) e chegou aos 25 pontos (10o.colocado). 

Já o Bahia derrotou o São Paulo (2 X 1), subiu para 23 pontos (13a. posição; mesma pontuação do Galo mineiro, que é o 14o. colocado) e manteve o tricolor paulista no Z4 (19 pontos, 17a. posição). Apenas o Vitória (19 pontos), Avaí (18 pontos) e Atlético-GO (12 pontos) estão abaixo do SPFC na tabela de classificação. 

Ponte Preta 0 X 0 Vasco foi outro resultado ruim para os dois times. O time campineiro chegou a 22 pontos (15a. colocação) e está próximo do Z4. Já o Vasco subiu para 24 pontos e está na 12a. posição. 

Apenas 5 pontos separam o Vasco (12o. colocado) do Vitória (18o. colocado). 

O Coritiba derrotou a Chacoense (2 X 0) e subiu para a 9a. posição (25 pontos), enquanto que a Chape está na 16a. colocação, com 22 pontos. 

Neste momento, o Corinthians ainda permanece como o grande favorito à conquista do título, mas o Grêmio continua tentando ir no seu encalço. A estratégia de Renato Portaluppi é clara: Fazer o Grêmio ir vencendo os seus jogos e torcer para que o Corinthians sofra uma queda de rendimento e perca algumas partidas (no mínimo três), o que permitiria ao time gaúcho assumir a liderança do campeonato. 

Os demais clubes se distanciaram. O Santos 'tropeçou' ao empatar com o Avaí e permitiu que Corinthians e Grêmio aumentassem a diferença em dois pontos. A derrota do Palmeiras, que jogou com um time recheado de reservas, para o Atlético-PR também mostra que o time está focado, agora, na Libertadores. Afinal, a diferença em favor do Corinthians já é de 15 pontos. 

O Flamengo ficou ainda mais longe do Timão ao perder para o Vitória e, agora, está 18 pontos atrás do líder. Pode-se dizer que Palmeiras e Flamengo não são mais candidatos ao título do Brasileiro, a não ser que Corinthians e Grêmio despencassem, o que não deverá acontecer, pois são dois times muito bem organizados e que contam com bons elencos. 

Do Sport (28 pontos; 6a. posição) para o Vasco (24 pontos; 12a. colocação) temos apenas 4 pontos de diferença. Entre eles há Cruzeiro, Atlético-PR, Coritiba, Fluminense e Botafogo. Estes times irão brigar pela sexta e última vaga da Libertadores. 

E o São Paulo, que apontava para iniciar uma recuperação depois de derrotar o Botafogo, perdeu dois jogos importantes (Coritiba e Bahia) na sequência. Isso mostra que Dorival Jr. terá muitas dificuldades para evitar o rebaixamento do tricolor paulista. 


Links:

Os matemáticos e o Corinthians no Brasileiro 2017:

https://www.meutimao.com.br/noticia/258205/matematicos-ja-fazem-as-contas-quais-as-chances-de-titulo-e-libertadores-do-corinthians

Classificação do Brasileiro:

https://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileirao/jogos/

sábado, 29 de julho de 2017

Jair Ventura desmonta o time e Botafogo leva virada histórica do São Paulo! - Marcos Doniseti!

Jair Ventura desmonta o time e Botafogo leva virada histórica do São Paulo! - Marcos Doniseti!
Jogadores do São Paulo vibram com um dos quatro gols marcados na vitória sobre o Botafogo (no estádio Nilton Santos). 

O Botafogo derrotava o São Paulo por 3 X 1 e tinha o controle do jogo, até que o bom e competente  treinador Jair Ventura resolveu abrir o time, indo para a frente sem necessidade, usando três atacantes. 


Com isso, a marcação do time desapareceu. 

E o resultado é que o seu time tomou a virada e perdeu por 4 X 3. E a expressão de Jair Ventura depois que o seu time levou o quarto gol era a de quem sabia que tinha errado ao modificar radicalmente o jeito do seu time jogar. E ao fazer isso ele desmontou o time do Botafogo, que ficou totalmente desnorteado dentro de campo.

O time do Botafogo é muito bom quando se fecha na defesa e joga em rápidos contra-ataques, mas parece que não está devidamente preparado para jogar tomando a iniciativa do jogo e usando três atacantes. Sempre que o time da 'Estrela Solitária' joga ofensivamente ele se dá mal. Isso também aconteceu quando enfrentou o Avaí, no Rio de Janeiro, e perdeu por 2 X 0. 

Enquanto isso, o treinador do São Paulo (Dorival Jr.) teve muitos méritos nessa virada. Ele colocou dois atacantes rápidos (Wellington Nem e Marcos Guilherme, que estreou marcando dois gols), para jogar pelas pontas, e isso deu certo. E as mudanças que Dorival Jr. fez funcionaram tão bem que o São Paulo fez 3 gols em apenas oito minutos. 

E o Hernanes também jogou muito bem.

Hernanes parece que deu aquela tranquilidade que o SPFC não tinha quando tomava um gol e ficava atrás no placar. Ele era o jogador e o líder dentro de campo, que comanda o time, que o SPFC estava precisando. E esse Marcos Guilherme então, mudou o rumo de um jogo perdido. 

Logo, a vitória do São Paulo foi merecida.

Antes do Hernanes chegar eu já comentava que o São Paulo não seria rebaixado. O empate com o Grêmio e a vitória sobre o Botafogo foram a confirmação disso. 

A tendência, agora, é que a confiança dos jogadores cresça bastante, bem como o entrosamento e o rendimento do time. 

E o SPFC ainda terá tempo de brigar por vaga na Libertadores, pois o sexto colocado (Sport) tem 24 pontos, enquanto que o tricolor paulista chegou aos 19. Assim, teremos rodadas suficientes para que o São Paulo termine o campeonato entre os seis primeiros colocados.

Esta subida de produção do São Paulo aconteceu não apenas porque o clube procurou se reforçar (contratando Petros, Hernanes, Marcos Guilherme, Arboleda) mas porque, agora, finalmente o time tem um treinador de verdade comandando o mesmo. 

Palmeiras 2 X 0 Avaí e afastamento de Felipe Melo!

O Palmeiras não teve maiores dificuldades para derrotar o Avaí, em sua Arena, por 2 X 0, placar que foi construído ainda no primeiro tempo, com gols de Dudu e Deyverson.

O fato de Cuca ter afastado Felipe Melo, que terá que procurar outro clube para jogar, mostra que ele decidiu assumir o comando do time de uma vez por todas e que fará o time jogar da maneira que ele deseja. E quem não aceitar as suas determinações, acabará sendo afastado. 

Em uma entrevista concedida para o canal 'Fox Sports', na segunda-feira passada (24/07), Cuca disse que para um time ser campeão é necessário que o treinador consiga unir o grupo, para que os jogadores corram por ele (treinador). E ele disse que isso é mais importante do que qualquer esquema tático. 

E agora, nesta sexta-feira, Cuca tomou a decisão de afastar Felipe Melo que, segundo o treinador do Palmeiras, estava tumultuando o ambiente. Pelo que se divulgou, Cuca disse que o estilo de jogo de Felipe Melo não se encaixa no esquema de jogo que ele deseja colocar em prática. 

E ao agir desta maneira, outra coisa que fica bastante evidente é que a saída de Cuca, ao final de 2016, após conquistar o Brasileiro, foi ruim para o clube e, também, para o próprio Cuca.

Afinal, o Palmeiras/Crefisa contratou 14 jogadores para essa temporada e Cuca não participou desse processo, pois havia saído do clube. Agora, ele tem que correr atrás para tentar consertar o que foi feito, pois muitos dos jogadores contratados não estariam no clube se Cuca tivesse permanecido para esta temporada e tivesse tido influência nas contratações. 

E neste processo de mudanças que Cuca irá promover, vários dos jogadores do elenco atual do Palmeiras serão dispensados ou serão pouco utilizados até o final deste ano. 

Assim, o Palmeiras paga, agora, o preço de um planejamento mal feito para este ano. 

Links:

Cuca liberou Felipe Melo para procurar outro clube: 

http://www.lance.com.br/palmeiras/cuca-confirma-que-liberou-felipe-melo-para-deixar.html

Classificação do Brasileiro 2017:

https://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileirao/jogos/

domingo, 23 de julho de 2017

Corinthians derrota o Fluminense, abre 9 pontos de vantagem e joga pressão sobre o Grêmio! - Marcos Doniseti!

Corinthians derrota o Fluminense, abre 9 pontos de vantagem e joga pressão sobre o Grêmio! - Marcos Doniseti!
Momento em que Jô sofreu pênalti, que não foi marcado pelo árbitro. 

Corinthians 1 X 0 Fluminense: Cássio, Balbuena, Maycon e Giovanni Augusto são os destaques!


O Corinthians reforçou a sua condição de líder incontestável do campeonato Brasileiro ao derrotar o bom time do Fluminense, no Maracanã, por 1 X 0, com gol de cabeça marcado por Balbuena, em lance de escanteio que foi muito bem cobrado por Giovanni Augusto. 

O zagueiro paraguaio está fazendo uma excelente temporada e se transformou num jogador fundamental para a ótima campanha que o Corinthians faz neste Brasileiro, inclusive marcando gols importantes, como foi este contra o Fluminense. Cássio, por sua vez, fez outra partida excelente e defendeu tudo. Ele está merecendo, e muito, uma convocação para a Seleção Brasileira, que parece estar mais do que definida por Tite. 

Essa vitória tirou a pressão que já começava a se formar sobre o Timão após dois empates consecutivos, contra Atlético-PR (2X2, na Arena) e Avaí (0X0, em Floripa) e fez com que o Corinthians completasse 30 jogos sem perder. A última derrota foi para a Ferroviária, no campeonato Paulista, com um gol irregular marcado por Alan Mineiro. 

Os torcedores dos outros clubes já estavam dizendo que a 'profecia' de Renato Portaluppi, treinador do Grêmio, que afirmou que o Corinthians iria 'despencar na tabela' e, depois, que o Timão iria 'tropeçar', perdendo pontos importantes, o que permitiria a aproximação dos outros times em relação ao líder.

Porém, e como escrevi aqui dias atrás, o Corinthians tinha feito por merecer a vitória nas duas partidas que havia empatado, mas que erros de finalização e o excessivo individualismo de alguns jogadores havia impedido que isso tivesse acontecido. Mas o Corinthians não havia jogado mal. 

E a comprovação disso nós tivemos na boa partida que o Corinthians fez contra o Fluminense, hoje, no Rio de Janeiro. O Timão teve, inclusive, chances de marcar outros gols e ainda ocorreu um pênalti escandaloso que foi cometido sobre Jô em uma cobrança de escanteio e que o árbitro não marcou, prejudicando o Corinthians. Jô foi agarrado e teve a sua camisa puxada dentro da área, impedindo que ele subisse para cabecear a bola. 

Essa vitória também foi fundamental porque, além de mostrar que o time não se abalou com a 'profecia' do treinador gremista, ela ocorreu na ausência de dois importantes jogadores do Corinthians que ficarão afastados por um bom período de tempo, que são Jadson (irá desfalcar o Corinthians por 30 dias) e Pablo (cerca de 40 dias de afastamento). 

Mas o Corinthians mostrou que possui um bom elenco e não apenas um bom time titular, e os substitutos de Jadson (Giovanni Augusto) e Pablo (Pedro Henrique) jogaram muito bem. Giovanni Augusto fez ótimos cruzamentos, se movimentou bastante e voltou para ajudar na marcação. Ele é muito bom jogador e mostrou que poderá substituir Jadson e que Fábio Carille fez muito bem em trabalhar para promover a recuperação do jogador. A tendência é que ele melhore de produção à medida que for adquirindo ritmo de jogo e se entrosar melhor com o time. 

Maycon é outro jogador do time corintiano que vem fazendo uma temporada excelente. Ele está jogando muito bem em todas as partidas, sendo um verdadeiro 'leão' na proteção à defesa e também está saindo mais para jogar no ataque. Não duvido que ele venha a ser convocado, futuramente, para a Seleção Brasileira (Pós-Copa 2018). 

Aliás, isso é algo que acontece sempre que um dos titulares do Corinthians não pode jogar (por suspensão, contusão ou convocação para alguma Seleção): Os reservas que entram no time dão conta do recado e sempre tem um desempenho melhor do que o esperado pelos próprios torcedores do Timão. 

Isso aconteceu com o Paulo Roberto, quando jogou contra o Grêmio, com Pedro Henrique, quando entrou no lugar de um contundido Balbuena no início do campeonato, com Moises, quando substituiu Guilherme Arana na partida contra o Atlético-PR (ele fez vários desarmes, participou de jogadas de ataque e deu o passe para Jô marcar o primeiro gol do Timão). 

Portanto, os torcedores dos outros clubes devem estar bastante decepcionados, pois pensavam que com o afastamento de Jadson e Pablo e os empates com o Atlético-PR e Avaí, o Corinthians iria começar a tropeçar no campeonato Brasileiro, tal como foi 'profetizado' pelo treinador do Grêmio. 

Mas isso não aconteceu, pois o time corintiano é muito sólido, consistente, sendo um time muito bem treinado e organizado. Independente de quem joga a filosofia de jogo e o esquema tático não se alteram, até porque Carille usa o mesmo esquema quando treina o time reserva. 

Logo, quando os reservas entram no time titular do Corinthians eles sabem muito bem o que tem que fazer. Os problemas que eles sentem são mais de ausência de ritmo de jogo e falta de um entrosamento melhor com os companheiros de time. No caso de Pedro Henrique e G.Augusto isso será solucionado com o tempo, pois eles irão jogar por bastante tempo.

Assim, a tendência é que o Corinthians mantenha a regularidade durante todo o campeonato, pois a filosofia de jogo e o esquema tático foram muito bem assimilados pelos jogadores, que executam fielmente todas as funções determinadas pelo excelente treinador Fábio Carille. 

Todos os jogadores corintianos correm e marcam intensamente, com todos os jogadores mostrando um espírito bastante solidário. Outro aspecto importante é que ninguém se comporta como 'estrela' do time e todos se doam ao máximo nas partidas. Assim, não é à toa que é tão difícil derrotar o Corinthians. 

E isso era algo previsível. Em um texto publicado aqui no blog, no dia 05/03/2017 (logo após a vitória do Timão sobre o Santos), escrevi que o time do Corinthians tinha um sólido sistema defensivo, que os adversários tinham dificuldade em 'furar' o mesmo e que o Timão seria um time forte, competitivo, que conquistaria títulos e que seria difícil de ser derrotado.

Portanto, essa regularidade do Corinthians não começou agora, mas vem desde o início da temporada. 

Logo, muito dificilmente o Timão irá despencar no campeonato, como disse Renato Portaluppi, até porque a diretoria do Corinthians está fazendo um grande esforço para manter os jogadores no clube até o final do Brasileiro. 

E os jogadores já deixam claro que desejam permanecer no Corinthians até o final desta temporada, pois sabem que eles serão bastante valorizados caso o Timão venha a conquistar o título brasileiro. 

Com isso, será muito difícil para os adversários conseguirem impedir que o Corinthians conquiste o título deste Brasileiro. Não tem nada definido, ainda, sem dúvida alguma, mas a regularidade impressionante do Corinthians permite apontar o mesmo com o principal favorito à conquista do campeonato Brasileiro. 

São Paulo X Grêmio!

A ótima vitória do Corinthians sobre o Fluminense permitiu que o Timão chegasse a 40 pontos e abrisse 9 pontos de vantagem sobre o Grêmio (31), que jogará amanhã contra o São Paulo, no Morumbi, fechando a 16a. rodada. Esta deverá ser uma partida difícil para o time gaúcho, pois o tricolor paulista vem de uma vitória sobre o Vasco e quer se recuperar no campeonato, saindo da zona de rebaixamento. 

Dorival Jr. é um bom treinador e conta com bons jogadores no elenco (Renan Ribeiro, Jucilei, Petros, Pratto). Se ele conseguir definir um padrão de jogo e entrosar melhor o time, muito dificilmente o São Paulo será rebaixado. 

E uma vitória sobre o ótimo time do Grêmio seria tudo o que o SPFC precisaria neste momento para dar confiança aos jogadores e prosseguir na sua recuperação. 

Assim, não duvido que isso (vitória do São Paulo) venha a acontecer. 

Outros Jogos da Rodada!

O Santos derrotou o Bahia (3X0), no Pacaembu, e manteve a terceira colocação no campeonato. O time aposta em um jogo de contra-ataques em velocidade (Copete e Bruno Henrique jogam pelas pontas) e no talento de Lucas Lima que, quando está inspirado, é capaz de fazer jogadas que definem uma partida. O argentino Vecchio fez uma ótima partida e saiu bastante aplaudido. O time baiano jogou bem, sendo que é bem organizado e faz boas partidas, mas erra muito nas finalizações. 

Já o Flamengo jogou bastante desfalcado, na Ilha do Urubu, e foi muito mal contra o Coritiba, mas saiu vitorioso (2X1) mesmo assim. O time paranaense conseguiu segurar um empate até o final, mas cometeu um pênalti bobo, perdeu o jogo e já está se aproximando da zona de rebaixamento, enquanto que o time carioca permaneceu na quarta colocação. A vitória do Flamengo foi garantida apenas no final graças a um pênalti sofrido por Vinicius Jr. e que foi convertido por Everton Ribeiro. 

O Palmeiras foi até o Recife e derrotou o bom time do Sport, que faz ótima campanha, por 2X0. É provável que, com o tempo, o bom treinador Cuca vá conseguir definir um padrão de jogo e um time titular. Nos primeiros meses ele fez muitas mudanças em ambos e isso prejudicou o Palmeiras. Agora já está mais do que na hora dele definir como é que o time patrocinado pela Crefisa irá jogar. Mas muito dificilmente o Palmeiras conseguirá entrar na disputa pelo título. Quanto ao Sport, o placar foi ruim, pois o time vinha em ascensão e caiu para sexto lugar com a derrota. 

Já o Vasco apostou na garotada e obteve uma ótima vitória contra o Atlético-MG, em BH, vencendo por 2X1. O time mineiro fez grandes investimentos e faz um campeonato Brasileiro muito ruim, sendo que acabou de demitir Roger Machado, um bom treinador, mas cuja filosofia de jogo não foi assimilada pelos jogadores do time. O Atlético-MG é um time visivelmente desorganizado e está apenas 3 pontos acima do primeiro time que se encontra no Z4 (tem 20 pontos, contra 17 do Avaí). O Galo contratou Rogério Micale, que treinou a Seleção Brasileira que ganhou a medalha de Ouro nas Olimpíadas do RJ. 

Já o Vasco não tem condições de sair gastando e contratando jogadores de renome. Assim, é preferível abrir espaço no time para jovens jogadores, revelados nas categorias de Base do clube. Recentemente o time Sub-20 do Vasco disputou a semifinal do Brasileiro, o que mostra que o time pode 'garimpar' bons jogadores em sua Base. 

A julgar pelo que se viu em duas partidas (contra Vitória e Galo) essa aposta está dando certo e tudo indica que Milton Mendes irá seguir por esse caminho. Jogadores como Guilherme, Paulo Vitor e Paulinho mostram que possuem um grande potencial. Com isso, o Vasco poderá até conseguir algo surpreendente, que é lutar por uma vaga na Libertadores (o time tem 23 pontos, contra 24 do Sport, que é o sexto colocado). 

O Cruzeiro foi derrotado pelo Avaí (1X0) em Santa Catarina, o que foi um péssimo resultado para o time mineiro. E o Avaí derrotou outro time grande, após vencer as partidas contra Grêmio e Botafogo (fora) e empatar com o Corinthians (casa). É bom que os times mais fortes respeitem o time catarinense. E a Ponte Preta conquistou uma boa vitória, derrotando o Atlético-PR na Arena da Baixada (2X0). O destaque foi o atacante Lucca, que marcou os dois gols do time campineiro. 

Enquanto isso, o Botafogo apenas empatou com o lanterna Atlético-GO (1X1). Assim, dificilmente Cruzeiro e Botafogo irão brigar pelas primeiras colocações e terão que melhorar se desejam conquistar uma vaga na Libertadores. O Vitória, por sua vez, perdeu para a Chapecoense, em Salvador, e caminha para disputar a Série B em 2018. O time é fraco e a defesa é pior ainda. Já a Chape faz um campeonato irregular, alternando vitórias e derrotas.

Neste momento, o Corinthians está mais do que consolidado como o grande favorito ao título, enquanto que o Grêmio tenta, a todo custo, diminuir a diferença que o separa do líder. Mas essa não é uma tarefa fácil. O Santos deu uma arrancada e está em terceiro lugar. Levir Culpi faz um bom trabalho e parece ter um bom relacionamento com os jogadores, o que já não acontecia mais com Dorival Jr. E isso talvez ajude a explicar a ascensão do time da Vila Belmiro.

Flamengo e Palmeiras tem condições de melhorar, mas dificilmente irão lutar pelo título do Brasileiro. Logo, eles deveriam priorizar as outras competições que disputam e deixar o Brasileiro em segundo plano. O Palmeiras deveria priorizar a Libertadores e o Flamengo deveria priorizar a Copa do Brasil ou mesmo a Sul-Americana. Afinal, os campeões dos dois torneios tem vaga garantida na Libertadores de 2018. 

Depois temos uma série de times que estão próximos na tabela de classificação e que brigarão por vaga na Libertadores: Sport, Vasco, Fluminense, Botafogo, Cruzeiro e Ponte Preta. 

Quanto ao rebaixamento, me parece que Vitória e Atlético-GO dificilmente deixarão de disputar a Série B em 2018. Resta saber quais serão os outros dois que farão o mesmo. Coritiba, Atlético-PR, Bahia e Atlético-MG também poderão vir a entrar no Z4, pois não estão colhendo bons resultados. E o São Paulo deverá sair do Z4 em breve, pelos motivos que já apontei aqui.

Links:

Corinthians derrota o Santos no Paulista e anima a Fiel Torcida (texto de 05/03/2017):

http://futebolefantasia.blogspot.com.br/2017/03/corinthians-1-x-0-santos-quarta-forca.html

Tabela de classificação:

https://www.meutimao.com.br/tabela-de-classificacao/campeonato_brasileiro/

Abel Braga elogia o time do Corinthians:

https://www.meutimao.com.br/noticia/256565/abel-braga-distribui-elogios-ao-futebol-do-corinthians-apos-vitoria-motivos-de-ser-lider

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Corinthians empata com o Avaí e Grêmio reduz vantagem do Timão para 6 pontos! - Marcos Doniseti!

Corinthians empata com o Avaí e Grêmio reduz vantagem do Timão para 6 pontos! - Marcos Doniseti!

O Corinthians empatou a segunda partida seguida no campeonato Brasileiro, contra o Avaí (fora), com a partida terminando 0 X 0. No sábado, o Timão já havia empatado, em casa, contra o Atlético-PR (2 X 2), em uma partida em que teve várias chances para liquidar o jogo, mas não soube aproveitar as mesmas. 

Agora, quem diz que o Corinthians tinha a obrigação de ganhar do Avaí esqueceu que o clube de Santa Catarina vinha de uma boa sequência de jogos, na qual derrotou o Grêmio e o Botafogo fora de casa (nos cinco jogos anteriores o Avaí tinha vencido 2, empatado 2 e perdido apenas 1). 

Mesmo assim o Corinthians dominou a partida, teve mais posse de bola e criou mais chances de gol do que o time local. 

O fato concreto é que o Corinthians empatou dois jogos em que foi melhor do que os adversários (Atlético-PR e Avaí), sendo que criou chances para marcar, mas não aproveitou as mesmas. 

Entendo que um dos principais motivos para que isso tenha acontecido é que os jogadores do Timão estão muito 'fominhas' no ataque.

No jogo contra o Atlético-PR (2 X 2), por exemplo, tivemos um lance no qual Jadson poderia ter passado para Pedrinho, que estava totalmente livre na área, mas preferiu chutar e errou.

Na partida contra o Avaí aconteceu o mesmo, com Arana e Marquinhos Gabriel podendo passar para jogadores melhor colocados para chutar. Mas eles preferiram finalizar e erraram. No lance de Arana, o atacante Jô estava sozinho, na marca do pênalti. Se recebesse o passe ele iria apenas empurrar a bola para o gol. 

Além disso, todos os times que jogam contra o Corinthians estão se fechando na defesa, se retrancando, pois sabem que se derem espaços irão perder e, com isso, o Timão está com dificuldades para criar oportunidades de gol.

Isso também acontece com os adversários quando os mesmos enfrentam o Corinthians e tomam a iniciativa da partida. O Timão se fecha muito bem na defesa, marcando forte o tempo inteiro, e quase não permite que o adversário crie chances de gol. 

Portanto, Carille precisa treinar o time do Corinthians para que o mesmo possa furar as retrancas adversárias, com jogadas em velocidade, usando a linha de fundo, sem errar passes. Também é necessário que ele oriente os jogadores a ser menos 'fominhas' e use mais o ótimo Pedrinho, que sabe driblar. E o drible é uma ótima forma de desmontar a marcação dos adversários. 

Basta ver o que aconteceu na partida contra o bom time do Botafogo, na Arena, quando Pedrinho entrou e, já em sua primeira jogada, desmontou a defesa do Botafogo e deu passe para que Jô pudesse marcar. 

Fábio Carille também cometeu alguns erros nos dois últimos jogos: Ele tirou Romero do lado esquerdo contra o Atlético-PR, invertendo posição com Marquinhos Gabriel, e logo depois o Timão sofreu o primeiro gol. 

Essa troca de posições foi inteiramente incompreensível, pois naquela partida o Corinthians estava sem Pablo (lesionado) e G.Arana (suspenso). Assim, o lado esquerdo da defesa do Corinthiahs ficou com Pedro Henrique, Moisés e Marquinhos Gabriel, três jogadores que não haviam atuado juntos nesta temporada. 

O entrosamento entre eles era nulo, portanto. Enquanto isso, Romero joga por aquele lado da defesa corintiana há muito tempo. Se ele estivesse ali dificilmente Jonathan teria feito o gol. 

E na partida contra o Avaí, Fábio Carille errou novamente quando escalou o Pablo como titular, sendo que o mesmo saiu do treino na terça-feira sentindo dores no mesmo local da lesão muscular que havia sofrido na partida contra o Palmeiras. Daí o excelente zagueiro do Timão saiu cedo da partida (aos 13 minutos do primeiro tempo) e o Corinthians perdeu uma substituição. 

Não havia necessidade alguma de antecipar a volta do jogador e colocá-lo para jogar contra o Avaí. 

Ele deveria ter ficado de fora, se recuperando integralmente da lesão, voltando apenas na partida seguinte, que será contra o bom time do Fluminense, no Maracanã. 

E logo depois da saída de Pablo, foi a vez de Jadson se contundir, em lance com o zagueiro Betão. 

Foi constatado que ele sofreu fratura na costela e, assim, ficará um mês afastado. 

Logo, aos 15 minutos do primeiro tempo o Timão já tinha sido obrigado a fazer duas substituições. E uma delas (Pablo) foi responsabilidade de Carille, sim. 

Resta saber quem serão os substitutos dos dois jogadores. No caso de Pablo, ele será substituído pelo bom e jovem Pedro Henrique. E no caso de Jadson, penso que o Carille deveria colocar o Camacho em seu lugar. Ele tem bom passe, faz a bola correr e participa intensamente da marcação. Assim, Camacho tem um estilo de jogo parecido ao de Jadson.

Os resultados das duas últimas partidas não foram bons para o Corinthians, mas não são nenhuma tragédia.

Afinal, com os resultados dos jogos desta quarta-feira, a vantagem do Corinthians (37 pontos) agora é de 6 pontos sobre o Grêmio (31 pontos), 10 sobre Santos (27 pontos), 12 a mais do que o Flamengo (25 pontos) e 14 na frente do Palmeiras (23 pontos).

Porém, é necessário que Carille corrija as falhas e os erros cometidos nestas duas partidas. 

Assim, os jogadores tem que ser menos individualistas nas partidas, não se deve colocar ninguém para jogar sem que o mesmo esteja recuperado de lesão e o time precisa aproveitar as boas chances de gol que cria nos jogos. 

Inegavelmente, o campeonato Brasileiro é longo, difícil e muito desgastante, com muitos clubes grandes querendo conquistar o título. Mas é justamente por isso que a margem para se cometer erros é bastante estreita. 

O Corinthians chegou a abrir 10 pontos de vantagem sobre o segundo colocado justamente porque estava errando bem menos do que os adversários. 

E o clube que errar menos dificilmente deixará de conquistar o campeonato. 

Assim, espera-se que a comissão técnica do Corinthians e os jogadores se conscientizem dos erros cometidos nas duas últimas partidas e procurem corrigir os mesmos para a sequência do campeonato. 

Outras Partidas de 19/07!

Nas outras partidas desta quarta-feira, tivemos alguns resultados previsíveis: Vitórias do Grêmio, do Santos e da Ponte Preta e empate entre Flamengo X Palmeiras. O SPFC derrotou o fraco time do Vasco e pode iniciar uma recuperação no campeonato (jogadores para conseguir isso o time possui). 

A grande surpresa foi a derrota do Galo, em pleno 'Horto', para o Bahia (2 X 0). 

Em Salvador, o Grêmio derrotou o fraco time do Vitória (3 X 1), que possui uma defesa horrível (já sofreu 27 gols em 15 partidas). O resultado era mais do que previsível, devido à diferença de qualidade dos dois times, que é muito grande. 

O Grêmio se consolida, assim, como o mais sério candidato a tirar o título do Corinthians, que ainda permanece como o grande favorito. 

Afinal, o Grêmio disputa três campeonatos difíceis simultaneamente (Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil), enquanto que o Corinthians está participando de dois (Brasileiro e Sul-Americana). 

A diferença de seis pontos entre os dois clubes deve-se, aliás, à importante vitória do Corinthians sobre o mesmo Grêmio (1 X 0), na Arena deste. Se aquela partida tivesse terminada com a vitória gremista, hoje os dois times estariam empatados na liderança, com o mesmo número de pontos (34). 

A goleada que o Coritiba sofreu em Campinas já resultou na demissão do treinador (Pachequinho) e tudo indica que Roger Machado poderá vir a ter o mesmo destino, pois os resultados do Atlético-MG são muito ruins, quando se leva em consideração a qualidade dos jogadores que o clube possui (Victor, Rafael Carioca, Marcos Rocha, Robinho, Fred, Fábio Santos, Cazares...). Perder do Bahia dentro de casa pode ter sido fatal para Roger Machado. 

Tudo indica que a filosofia de jogo de Roger Machado (marcação forte, ocupação de espaços, recomposição rápida) não funcionou no Atlético-MG, um time que, há vários anos, está habituado a jogar de maneira bastante ofensiva e sem se preocupar muito com a marcação e com o sistema defensivo. 

Enquanto isso, o empate entre Flamengo e Palmeiras (2 X 2), que foram os dois times que mais investiram para essa temporada, foi ruim para ambos, que não conseguiram reduzir a diferença que os separa do Corinthians e viram Grêmio e Santos vencerem os seus jogos. 

Com a sequência de resultados ruins do Flamengo (somou apenas dois pontos nas partidas disputadas contra Grêmio, Cruzeiro e Palmeiras, sendo que duas delas foram em casa) a torcida do rubro-negro carioca está pedindo pela demissão de Zé Ricardo. 

A Ponte Preta, que vinha de uma sequência ruim (4 derrotas e 1 empate nas 5 partidas anteriores) goleou um Coritiba (4 X 0) que também vinha de uma série de jogos muito fraca (foram 4 derrotas, 1 empate e 1 vitória nas 6 partidas anteriores). 

O Santos, mesmo enfraquecido com a saída de Thiago Maia e com a contusão de Vitor Bueno (que voltará apenas em 2018), derrotou uma Chapecoense que começou bem o campeonato (chegou a liderar o mesmo), mas que depois caiu bastante. E assim o time da Vila Belmiro garantiu a permanência no terceiro lugar até o final desta rodada. 

Um dos três jogos que fecham a rodada tem um claro favorito (Sport contra o Atlético-GO), mas as outras partidas prometem ser equilibradas. O bom e jovem time do Fluminense, mas que possui uma defesa que toma muitos gols, enfrentará o bom time do Cruzeiro, que possui bons jogadores e que é muito bem organizado taticamente. 

O Atlético-PR, que fez uma boa partida contra o Corinthians, receberá o bom time do Botafogo, que joga muito bem quando atua fora de casa, fechando-se muito bem na defesa e explorando os contra-ataques. O time treinado por Jair Ventura derrotou o Fluminense (1 X 0), na semana passada, jogando desta forma. 

Resultados dos jogos de 19/07:

Vitória 1 X 3 Grêmio;
Santos 1 X 0 Chapecoense;
Avaí 0 X 0 Corinthians;
Flamengo 2 X 2 Palmeiras;
São Paulo 1 X 0 Vasco;
Ponte Preta 4 X 0 Coritiba;
Atlético-MG 0 X 2 Bahia.

Jogos de 20/07:

Fluminense X Cruzeiro;
Atlético-PR X Botafogo;
Sport X Atlético-GO.

Classificação:

1) Corinthians - 37 pontos;
2) Grêmio - 31 pontos;
3) Santos- 27 pontos;
4) Flamengo - 25 pontos;
5) Palmeiras - 23 pontos;
6) Botafogo - 22 pontos;
7) Cruzeiro - 21 pontos;
8) Sport - 21 pontos;
9) Vasco - 20 pontos;
10) Fluminense - 20 pontos;
11) Atlético-MG - 20 pontos;
12) Bahia - 19 pontos;
13) Coritiba - 19 pontos;
14) Ponte Preta - 18 pontos;
15) Chapecoense - 18 pontos;
16) Atlético-PR - 16 pontos;
17) São Paulo - 15 pontos;
18) Avaí - 14 pontos;
19) Vitória - 12 pontos;
20) Atlético-GO - 8 pontos.

Links:

http://www.lance.com.br/corinthians/jadson-tem-fraturas-costela-fica-fora-timao-por-menos-mes.html

http://www.lance.com.br/corinthians/timao-perde-pontos-quando-tem-mais-posse-bola-que-adversario.html

https://www.gazetaesportiva.com/campeonatos/brasileiro-serie-a/pablo-deixa-o-treino-mais-cedo-mas-e-confirmado-contra-o-avai/

sexta-feira, 14 de julho de 2017

O sucesso do Corinthians em 2017 é surpreendente apenas para quem não sabe analisar futebol!! - Marcos Doniseti!

O sucesso do Corinthians em 2017 é surpreendente apenas para quem não sabe analisar futebol!! - Marcos Doniseti!
Casagrande e seu comentário 'genial' sobre o Corinthians. 

Os ótimos resultados do Corinthians nesta temporada, principalmente no Brasileiro, fizeram com que o time se tornasse a principal referência para os outros clubes. 


Comentaristas esportivos, treinadores, dirigentes e jogadores dos mais variados times não falam de outra coisa a não ser a respeito da excepcional campanha do Corinthians, que somou 35 pontos em 13 rodadas e que lidera o Brasileiro com 10 pontos de vantagem sobre o Grêmio, o segundo colocado. 

O Timão possui um índice de aproveitamento de quase 90%. Isso é difícil de ser mantido durante um campeonato de 38 rodadas? Sem dúvida. 

Mas esse time do Corinthians mantém uma regularidade impressionante, acima da média, inclusive alcançando resultados melhores do que aquele excelente time, treinado por Tite, que conquistou o Brasileiro de 2015.

A sequência de jogos invictos nesta temporada já chegou a 27 partidas, superando a marca do time de 2015, que ficou sem perder durante 26 partidas. 

A campanha do Corinthians em 2017 também é melhor do que a do time de 2015 pelo fato de ter conquistado o campeonato Paulista de 2017, o que o time de 2015  não conseguiu, e também por ter conquistado números melhores, nas treze primeiras rodadas do Brasileiro, do que os do time campeão de 2015. 

O fato concreto é que o Corinthians possui um excelente treinador, bem como um time bem organizado e que joga cada partida como se fosse final de campeonato. 

A declaração do treinador do Grêmio, Renato Portaluppi, de que o Corinthians irá despencar na tabela e que o segundo turno será muito diferente do primeiro, é um sinal claro de que já está batendo o desespero nos outros clubes, que torcem para que o Corinthians comece a 'tropeçar' no Brasileiro, acumulando resultados ruins. 

Mas isso não está acontecendo. E uma declaração dessas serve, de fato, para estimular os jogadores do Corinthians, que irão fazer questão de provar, jogando bola, que o treinador gremista está inteiramente equivocado. 

Enquanto isso, um dirigente do Palmeiras (Alexandre Mattos) disse que o Corinthians está melhor do que os outros porque foi eliminado da Copa do Brasil e, em função disso, pôde se concentrar na disputa do campeonato Brasileiro. 

Isso é desculpa esfarrapada de dirigente incompetente.

Afinal, em 2017, o Corinthians disputou 40 partidas até o momento, contra 39 do Palmeiras. 

Além disso, o Corinthians gastou apenas R$ 12 milhões para se reforçar para esta temporada, enquanto que a Crefisa e o Palmeiras já investiram R$ 120 milhões para fortalecer o time, que vinha da conquista do campeonato Brasileiro de 2016.

Em tese, o Palmeiras é que deveria estar disparado na liderança do Brasileiro, pois foi o time que mais investiu na temporada. Flamengo e Atlético-MG também fizeram investimentos significativos e também não estão colhendo os resultados que esperavam. 

E quem não se lembra quando, no início da temporada, alguns torcedores do Corinthians foram ao CT, no primeiro dia de treino, protestar contra o fato do clube não ter se reforçado tanto quando os rivais (Palmeiras, Santos, SPFC). 

Na época, uma grande parte da imprensa esportiva paulista dizia que o Corinthians era apenas a 'quarta força' de São Paulo e afirmava que o Timão não conquistaria nenhum título em 2017. Exemplos: o ex-jogador Denílson e o comentarista Fábio Sormani, da 'Fox Sports'. 

A excelente temporada do Corinthians deve-se a uma série de medidas corretas que foram tomadas pela diretoria e pela comissão técnica do Timão: 

A) Efetivar Fábio Carille no comando do time e lhe dar todo o respaldo para trabalhar; 

B) Contratar jogadores bons e experientes, que preencheram lacunas no elenco do Timão (Jô, Jadson, Gabriel, Pablo);

C) Integrar jogadores das categorias de Base do Corinthians ao elenco profissional. Afinal, o Timão não chegou a quatro finais consecutivas da 'Copa São Paulo de Futebol Jr' à toa. 

Em 2017, até pela falta de dinheiro para fazer grandes contratações, jogadores como Maycon, Guilherme Arana, Pedro Henrique e Pedrinho começaram a ganhar muito mais espaço no time do Corinthians. 

Arana e Maycon são titulares, enquanto que Pedro Henrique e Pedrinho jogam com uma certa frequência. E todos eles tem um ótimo desempenho quando atuam pelo time titular ou entram no decorrer das partidas. 

D) Carille definiu o esquema de jogo do Corinthians antes mesmo da temporada começar e tratou de colocar o time para jogar sempre da mesma maneira e com a mesma escalação. 

Assim, qualquer pessoa que acompanhe o Corinthians em 2017 sabe qual é a escalação do time titular do Timão: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo, G.Arana; Gabriel, Maycon; Jadson, Rodriguinho, Romero; Jô.

O resultado é que o Corinthians foi se entrosando e subindo cada vez mais de produção, o que resultou na conquista do campeonato Paulista e na liderança folgada do Brasileiro nestas treze rodadas do primeiro turno. 

Ainda no início de Março de 2017, logo após a vitória do Timão no clássico contra o Santos (que se realizou no dia 04/03/2017; placar foi 1X0 para o Timão, gol de Jô, em partida que contou com a presença de Tite na Arena) eu escrevi o seguinte aqui no blog:

"16) O Corinthians poderá até não ganhar nenhum título durante 2017 (o que considero improvável), mas será um time muito difícil de ser derrotado se continuar jogando com a mesma determinação que mostra neste início de ano. A tendência é o entrosamento do time ir melhorando durante o ano.". 

Portanto, era perfeitamente visível, ainda no início de Março, de que esse time do Corinthians era forte e competitivo e que o mesmo seria, sim, um sério candidato à conquista de vários títulos em 2017.

Se alguém como eu, que não é comentarista esportivo e que não vive de assistir e comentar jogos de futebol, conseguiu enxergar isso, então é de se perguntar porque os integrantes da mídia esportiva não conseguiram fazer o mesmo? O que os impediu de perceber que o time do Corinthians seria um time em condições de conquistar títulos em 2017?

Entendo que isso aconteceu em função de vários fatores: 

A) O clubismo descarado de muitos destes comentaristas, que mal conseguem esconder o seu ódio pelo Corinthians. 

Em 2017, por exemplo, vi um famoso comentarista da 'ESPN Brasil' (José Trajano) afirmar que o Corinthians havia sido campeão Brasileiro em função de ter tido muita 'sorte'. 

Trabalho sério, boa estrutura oferecida pelo clube, possuir um bom elenco, jogar de maneira organizada e ter um excelente treinador? Nada disso conta, segundo Trajano. O que vale mesmo é a tal da 'sorte'...

Acredite, se quiser...

B) Como resultado desse ódio pelo Corinthians, tais comentaristas não conseguem fazer uma análise objetiva e séria a respeito do desempenho do Timão, não importando o campeonato que o mesmo esteja disputando. 

Assim, sempre que o Corinthians tem um bom desempenho em algum campeonato, eles já começam a usar de inúmeras desculpas esfarrapadas para tentar justificar isso, dizendo que o Corinthians 'o campeonato é fraco', 'teve sorte', 'só enfrentou times fracos' ou, então, que 'a tabela ajudou' e outras asneiras semelhantes. 

Tais comentaristas só faltam apelar para o alinhamento dos planetas ou para a 'maldição do Faraó' para justificar o desempenho do Corinthians. Eles parecem ser incapazes de fazer uma análise realista, em cima de fatos, para explicar porque o Corinthians está bem;

C) Piadinhas sem graça: Muitos comentaristas gastam grande parte do seu tempo fazendo piadas e apelando para um humor sem graça, deixando de lado qualquer tentativa de fazer comentários sérios e fundamentados a respeito do Corinthians e do futebol. 

Com tudo isso, fica claro que o nível da imprensa esportiva brasileira é muito baixo e que a mesma está, tal como os clubes de futebol do país, necessitando de 'sangue novo', abrindo espaço para comentaristas que possuam mais conhecimento e que saibam analisar o desempenho dos times independente de torcerem para algum clube ou não.



Links:

Corinthians 1 X 0 Santos (jogo pelo campeonato Paulista):

http://futebolefantasia.blogspot.com.br/2017/03/corinthians-1-x-0-santos-quarta-forca.html

Carille já consegue resultados melhores do que Mano e Tite: 

https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2017/07/13/pupilo-aplicado-carille-bate-mano-e-tite-em-campanha-classicos-e-serie.htm

Veja como Carille levou o Corinthians à disputa por títulos:

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/veja-como-carille-levou-corinthians-a-briga-por-titulos-e-fez-a-fiel-esquecer-tite.ghtml

Corinthians fez mais partidas do que o Palmeiras:

https://www.meutimao.com.br/noticia/255638/mattos-culpa-calendario-por-derrota-do-palmeiras-mas-corinthians-jogou-mais-em-2017

Walmir Cruz explica o trabalho feito no Corinthians em 2017:

https://www.meutimao.com.br/noticia/255590/apenas-dois-titulares-com-problemas-medicos-em-13-rodadas-preparador-fisico-do-corinthians-explica

Qual o tamanho da ótima campanha do Corinthians? - por Mário Marra:

http://blogs.lance.com.br/mario-marra/2017/07/13/qual-o-tamanho-da-otima-campanha-do-corinthians/