Time GRANDE!

Como você sabe que um time é Grande, mas GRANDE, mesmo? Quando os torcedores de TODOS os outros times torcem contra ele, oras!

Do proprietário deste blog, Marcos Doniseti.

domingo, 31 de maio de 2009

Times poupam jogadores devido à incompetência e amadorismo da CBF!!


O calendário, se é que se pode chamar assim, do Futebol brasileiro é absolutamente ridículo e foi, com certeza, elaborado por um bando de amadores e de incompetentes.

Um caso típico é a situação atual, em que vários dos principais clubes brasileiros (Corinthians, Inter, Palmeiras, Cruzeiro, Grêmio, São Paulo, Vasco) estão disputando fases decisivas de dois importantes campeonatos, a Copa do Brasil e a Libertadores.

Com isso, eles passaram a jogar com times mistos ou reservas nas primeiras rodadas do Brasileirão 2009, tirando muito do interesse despertado pelo campeonato. Muitos jogos ficaram, claramente, esvaziados, nestas primeiras rodadas, quando envolviam os clubes que estão disputando a Copa do Brasil e a Libertadores.

O Corinthians, por exemplo, se desgastou muito disputando os jogos finais do Paulistão deste ano, quando enfrentou dois tradicionais e fortes rivais, São Paulo e Santos. Ao mesmo tempo, o time corintiano estava já envolvido em jogos difíceis e eliminatórios da Copa do Brasil, contra o Atlético-PR.

Com isso, o desgaste do time titular do Corinthians foi inevitável. E é por isso que o competente e sério técnico do Timão, Mano Menezes, irá usar apenas jogadores reservas contra o Santos, hoje, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão, esvaziando totalmente um clássico que é o mais antigo do futebol paulista, já que o Corinthians foi fundado em 1910 e o Santos em 1912, sendo que o primeiro jogo entre eles foi em 1913.

Isso é culpa da incompetente CBF e da interesseira Rede Globo, que deseja ter sempre algum jogo importante para exibir, principalmente porque o restante da programação da emissora está perdendo audiência há vários anos seguidos.

E é devido aos interesses globais da TV do plim-plim que, também, temos jogos iniciados quase às 22hs, durante o meio da semana, num total desrespeito à população que trabalha e que é obrigada a ficar acordada até a meia-noite para ver se o seu clube ganhou ou perdeu o jogo daquele dia. E tudo isso acontece porque a Rede Globo quer exibir suas ridículas novelas, que nada acrescentam em termos de conteúdo à cultura e à educação do povo brasileiro, antes da realização das partidas. Ridículo!

Assim, a CBF não teve capacidade, ou vontade suficiente para enfrentar aos interesses da Rede Globo, para fazer um calendário que impedisse que os principais clubes do país estivessem disputando jogos decisivos por torneios importantes (Copa do Brasil e Libertadores) ao mesmo tempo em que estão participando do Brasileirão.

Não custava nada à CBF adiar o início do Brasileirão ou, então, espalhar os jogos da Copa do Brasil ao longo de todo o ano, permitindo um melhor planejamento por parte dos clubes e evitando esse desgaste por parte dos seus jogadores. Com isso, os principais clubes do país poderiam usar todos os seu titulares nas primeiras rodadas do Brasileirão, evitando o esvaziamento e o desinteresse pelo mesmo.

A Conmebol, que consegue ser tão ou mais incompetente e amadora do que a CBF, também poderia realizar os jogos da Libertadores durante todo o ano, impedindo que os mesmos coincidissem com jogos importantes e de fases decisivas dos campeonatos nacionais de Brasil, Argentina e demais países sul-americanos.

Outro caso típico desse esvaziamento, foi o clássico entre Palmeiras e São Paulo, realizado no estádio Palestra Itália, disputado no Domingo passado. Apenas 12 mil pessoas compareceram ao jogo. E porque isso aconteceu? porque ambos os clubes estão disputando uma fase decisiva da Libertadores e, claramente, deixaram o Brasileirão em segundo plano. Como o jogo ficou esvaziado, tivemos esse público absolutamente ridículo para um dos principais clássicos do futebol paulista e brasileiro. Fluminense e Santos, no Maracanã, foi outro jogo que não atraiu o torcedor, devido a esse mesmo desinteresse.

Enquanto tivermos esse calendário totalmente ridículo, continuaremos a ver jogos importantes do futebol brasileiro ser totalmente esvaziados, prejudicando os próprios clubes, bem como à própria Rede Globo, que detém os direitos de transmissão do Brasileirão, da Copa do Brasil e da Libertadores.

Tanto isso é verdade que, na quarta-feira passada, tivemos 4 jogos importantes pela Copa do Brasil e pela Libertadores sendo disputados no mesmo horário. Se o calendário fosse melhor elaborado, esses jogos poderiam ter sido disputados em dias e horários distintos, permitindo que um número muito maior de pessoas os vissem, o que geraria um interesse e uma audiência muito maior pelos mesmos, o que seria altamente benéfico para todos: CBF, clubes, torcedores e às próprias emissoras que transmitem aos jogos.

Bastaria a CBF e à Conmebol fazer o óbvio e criar um calendário mais inteligente e racional para evitar que tais problemas continuassem se repetindo.

Mas, quem disse que a CBF e a Conmebol tem capacidade para fazer o óbvio, não é mesmo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário