Time GRANDE!

Como você sabe que um time é Grande, mas GRANDE, mesmo? Quando os torcedores de TODOS os outros times torcem contra ele, oras!

Do proprietário deste blog, Marcos Doniseti.

domingo, 5 de julho de 2009

Brasileirão 2009 - 9a. Rodada!


A 9a. rodada do Brasileirão, que será concluída nesta quarta-feira à noite, com o jogo entre Corinthians X Fluminense, no Pacaembu (às 21h50... a mudança foi exigida pela Rede Globo, que irá transmitir o jogo ao vivo), começou neste final de semana, com 9 jogos.

Ontem, o Santos derrotou o Sport (1 X 0), mas com um gol irregular, pois Neymar estava impedido quando recebeu a bola e passou para Paulo Henrique marcar, no final do jogo. O jogo foi fraco, sendo que o Sport se preocupou apenas em se defender, enquanto o Santos tentava tomar a iniciativa da partida, mas criou poucas chances de gol durante os 90 minutos. O Santos mostrou pouca criatividade e a vitória pode até dar um pouco mais de tranquilidade ao time, mas terá que melhorar muito se quiser algo mais neste Brasileirão.

Já o Flamento derrotou o Vitória (2 X 1) e o Santo André empatou com o Barueri (1 X 1). É bom que se diga que o árbitro anulou um gol legítimo do Santo André, na partida contra o Barueri.

Hoje, o Grêmio goleou o Atlético-PR (4 X 1), com 2 gols de Maxi Lopez e outros 2 de Herrera, e parece que não sentiu tanto a eliminação da Libertadores no meio da semana, mas isso é algo que ainda terá que ser demonstrado durante o campeonato, pois o Atlético-PR é um time muito fraco e é um sério candidato ao rebaixamento.

O Palmeiras foi até Santa Catarina e derrotou (3 X 0) ao Avaí e com muita facilidade. O Palmeiras foi muito superior ao time catarinense e jogou com muita vontade e determinação. Até Fabinho Capixaba, fortemente perseguido pela torcida palmeirense, fez uma boa partida. O destaque do jogo foi o atacante Obina, que marcou 2 gols, e que jogou muito bem.

Cada vez mais estou convencido de que o Palmeiras irá brigar pelo título do campeonato, junto com o Corinthians, com o Internacional e talvez com o Cruzeir, que é outro bom time deste campeonato, mas que perderá o ótimo Ramires em breve para o Benfica.

O Avaí é muito fraco e também terá que fazer milagres caso queira continuar na Série A do Brasileirão.

Enquanto isso, o São Paulo foi derrotado pelo Coritiba (2 X 0), em Curitiba, e parece que ainda não se recuperou dos conflitos internos, da eliminação da Libertadores e da demissão de Muricy. Caso o time não melhore nas próximas rodadas, talvez o técnico Ricardo Gomes comece a sentir uma forte pressão, o que poderá prejudicar ainda mais o desempenho do time no campeonato. A continuar assim, o máximo que o tricolor paulista conseguirá será uma vaga na Sul-Americana.

No Serra Dourada, o Goiás derrotou o Cruzeiro (1 X 0), que atuou com o seu time reserva, pois está totalmente concentrado para a final da Libertadores, contra o Estudiantes. Felipe, de falta, converteu para o time goiano.

Já o Internacional derrotou o fraco Náutico (que é outro time que terá que lutar muito para não ser rebaixado) por 2 X 0, no Recife, com 2 gols de Nilmar (é bom que se diga que Nilmar estava impedido no lance do 2o. gol... será que o Fernando Carvalho irá incluir tal lance num DVD com lances irregulares que beneficiaram ao Inter durante este Brasileirão? duvido...). Apesar de ter sido derrotado pelo Corinthians na final da Copa do Brasil, creio que o Inter brigará pelo título do Brasileirão, a não ser que sofra um desmanche durante a 'janela européia'.

Finalmente, o Atlético-MG apenas empatou (1 X 1) com o Botafogo, em pleno Mineirão, e desperdiçou uma ótima oportunidade de somar mais 3 pontos e se manter na liderança do campeonato. O Botafogo jogou bem fechado na defesa e saía em contra-ataque, tendo algumas boas oportunidades para marcar, principalmente no final do jogo, mas não soube aproveitá-las. A se destacar a vontade com que os jogadores do time carioca jogaram. Parece que o Botafogo percebeu que precisa se recuperar o quanto antes, caso contrário poderá ser novamente rebaixado para a Série B.


Para maiores informações, cliquem aqui:


http://esporte.ig.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro_serie_a_2009/classificacao/

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Marcos,

    Ao meu modo de ver, o que complica as coisas é o calendário: Veja você que o início do Brasileirão coincide com as finais da Libertadores e da Copa do Brasil e, em nos pares, coincidem também com torneios de seleções.

    Se não houvesse toda essa problemática, Cruzeiro, Inter e São Paulo estariam brigando pela ponta e o Corinthians viria logo em cima - com Palmeiras e Atlético-MG no vácuo. Seria assim até a bendita janela de transferência.

    O fato é que a Libertadores contaminou o São Paulo, o seu fracasso determinou o turbelento processo de demissão de Muricy; por outro lado, o Cruzeiro priorizou o torneio sul-americano e chegou, merecidamente, na decisão, assim como o Palmeiras amargou turbulências da Libertadores e Inter e Corinthians estavam empenhados na decisão da Copa do Brasil.

    De todos eles, quem soube contornar melhor a situação foi o Inter, novamente líder isolado do torneio. O Palmeiras, por sua vez, teve um prejuízo pequeno comparado a tudo que poderia ter acontecido. Pelo que vi ontem do primeiro tempo de São Paulo e Coritiba (e dos melhores momentos hoje), desconfio se a era Ricardo Gomes vá ser longa. O Corinthians terá de começar do zero e o Cruzeiro idem - só que o último terá de fazê-lo sem Ramires e, possivelmente, sem Kléber também.

    Enfim, em cinco dos seis campeonatos por pontos corridos, venceu a equipe que soube ganhar pontos em meio a essa balbúrdia toda, a única exceção foi o São Paulo 09 com sua arrancada fenomenal no Segundo Turno.

    abraços

    ResponderExcluir
  3. Hugo, sem duvida que o calendário atrapalha e muito. Mas, creio que o caso do São Paulo é mais grave, pois demitiu o técnico e existem problemas sérios de relacionamento dentro do elenco. E penso que o São Paulo terá que fazer um trabalho de renovação para poder voltar a disputar títulos, novamente, a partir de 2010 ou até 2011.

    Acredito que, time por time, e sem disputar competições paralelas, temos 4 favoritos para vencer o Brasileirão deste ano: Corinthians, Cruzeiro, Inter e Palmeiras.

    O Corinthians está jogando cada vez melhor e o time ganhou muita confiança e respeito dos adversários com as recentes conquistas do Paulistão e da Copa do Brasil.

    ResponderExcluir