Time GRANDE!

Como você sabe que um time é Grande, mas GRANDE, mesmo? Quando os torcedores de TODOS os outros times torcem contra ele, oras!

Do proprietário deste blog, Marcos Doniseti.

domingo, 6 de setembro de 2009

Brasil de Dunga humilha a Argentina em Rosário!!


O jornalista Ricardo Kotscho disse que não há explicação para a fácil vitória do Brasil sobre a Argentina, em Rosário, por 3 X 1, ontem, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Mas, eu discordo dele.

Tem explicação, sim, essa vitória acachapante do Brasil sobre os Hermanos.

Como tem explicação, também, as vitórias fáceis do Brasil sobre a Itália nas duas últimas partidas contra os atuais campeões do mundo, no fim de 2008 e pela Copa das Confederações.

O fato é que Dunga, contra TODOS os prognósticos, está fazendo um bom trabalho na Seleção. E o que ele fez não tem nada de misterioso.

Dunga fez apenas o seguinte:

1) Definiu um esquema tático: o Brasil quase sempre joga no 4-5-1;

2) Fez o time jogar num determinado estilo, que é o de marcação forte para roubar a bola e ‘matar’ o adversário nos contra-ataques. O Brasil de Dunga não dá espaço para os adversários jogarem. E quando enfrenta um Messi pela frente a marcação é ainda mais forte, como se viu ontem contra a Argentina;

3) Escolheu os seus titulares e os jogadores que o decepcionaram, mesmo depois de terem tido inúmeras oportunidades, como Ronaldinho Gaúcho e Vágner Love, ele não convocou mais;

4) Fez os jogadores brigarem por cada bola e por cada centímetro quadrado do campo, como se fossem '10 Dungas' atuando;

5) Acreditou que, com o tempo, depois de tanto jogar junto, o time acabaria se entrosando e começaria a ter um bom rendimento.

E foi exatamente isso que aconteceu.

Agora, Dunga colhe os frutos das decisões que tomou nos últimos anos, mesmo contra todas as críticas que sofreu.

Diferentemente de outros técnicos tão badalados (Luxemburgo, Muricy), que adoram ficar mudando o esquema e a escalação de seus times o tempo inteiro, Dunga optou por fazer o ‘feijão-com-arroz. Ele smpre usa o mesmo esquema tático e a mesma escalação (a não ser quando tem algum jogador suspenso ou contundido, é claro). E isso deu certo!

Infelizmente, o atual calendário do futebol mundial não permite a nenhuma seleção treinar durante alguns dias que fosse antes das partidas a fim de adquirir algum entrosamento. Então, o único momento em que é possível ‘treinar’ é durante os jogos, mesmo.

Como Dunga sempre repetia o mesmo time, o mesmo esquema tático, o mesmo estilo de jogar, o que aconteceu é que, depois de vários anos atuando juntos, o jogo do Brasil engrenou.

Hoje, todos sabem a escalação do time titular brasileiro e como o Brasil joga. Na fase de preparação para a Copa não será necessário mais entrosar ninguém, pois o time já está entrosado. Não será preciso montar ou definir um esquema tático ou um time titular, pois isso já foi feito também.

Simplesmente, bastará entrar em campo e jogar futebol. E isso os brasileiros fazem melhor do que ninguém, como Kaká demonstrou ontem, por exemplo, com aquela assistência genial para que o artilheiro Luís Fabiano marcasse o terceiro gol do Brasil e sacramentasse a vitória brasileira.

Resumindo: o Brasil é o grande favorito à conquista da próxima Copa do Mundo.

Afinal, simplesmente trucidamos com duas das melhores seleções mundiais nos últimos meses (Itália e Argentina). E não é qualquer seleção que faz isso, não.

Como diria a torcida do meu Timão: ‘O Brasil voolllltttooooouuuuuuuuu….”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário