Time GRANDE!

Como você sabe que um time é Grande, mas GRANDE, mesmo? Quando os torcedores de TODOS os outros times torcem contra ele, oras!

Do proprietário deste blog, Marcos Doniseti.

domingo, 23 de maio de 2010

Brasileirão 2010 promete ser bastante equilibrado!


O Brasileirão de 2010 promete ser bastante equilibrado. Não me parece haver, neste momento, nenhum time que seja muito melhor do que os outros e que esteja em condições de disparar na liderança e digo isso por vários motivos, como:

O Brasileirão começou (tal como acontece todos os anos) ao mesmo tempo em que vários dos principais times do país estavam envolvidos em jogos decisivos da Taça Libertadores e da Copa do Brasil.

Com isso, vários clubes poupam os seus principais jogadores no Brasileirão e isso, é claro, prejudica o rendimento destes clubes. Mas, posteriormente, após o término destes campeonatos ou com a eliminação dos clubes destas competições, eles voltam a usar a força máxima no Brasileirão.

No meio do ano teremos a famosa 'janela européia' e muitos dos principais jogadores brasileiros são negociados com clubes da Europa e do Oriente Médio, principalmente.

Fala-se, por exemplo, que Neymar deverá ser negociado com um grande clube da Inglaterra e que Paulo Henrique Ganso irá para o Real Madrid. Com isso, é claro que o Santos (que foi, inegavelmente, o melhor time brasileiro do primeiro semestre de 2010) não terá a mesma força, embora continuará sendo um dos favoritos ao título do Brasileirão caso preserve os outros jogadores do seu elenco e consiga repor, e rapidamente, as perdas de Neymar e de Ganso (embora não com jogadores do mesmo nível destes, pois jogadores assim não aparecem a toda hora, certo?) pois os cofres do clube estarão cheios de Euros.

O Corinthians é outro clube que deverá perder vários dos seus principais jogadores, como Elias, Jucilei e Dentinho. Justamente por isso, aliás, o Timão contratou o volante Paulinho (um possível substituto de Jucilei) e o meia Bruno César (ex-Santo André e que fez um ótimo Paulistão), que poderá vir a ser o novo articulador de jogadas do meio-de-campo corintiano. Afinal, Danilo, até o momento, não vingou no Corinthians. Os anos em que ele atuou no fraco e limitado, tecnicamente, campeonato japonês, não fizeram bem ao meia.

Mas, o Corinthians tem um bom elenco, sendo que poderá vir a disputar o título da competição, sem dúvida alguma. E a eliminação precoce da Libertadores fará com que a Fiel Torcida exija que o time, no mínimo, obtenha a vaga para a Libertadores de 2011. Mano Menezes é um bom técnico e já mostrou que sabe dar a volta por cima. Não se esqueçam que ele perdeu a final da Copa do Brasil de 2008 para o Sport do Recife mas, mesmo assim, no ano seguinte, levou o Timão a conquistar o título da mesma competição.

Portanto, é bom ficar de olho no Timão.

O Palmeiras passa por um momento turbulento, dentro e fora de campo, e já está com o seu terceiro técnico em 2010. O Verdão já demitiu o superestimado Muricy Ramalho (bom técnico, mas não tanto quanto dizem por aí...) e o encrenqueiro Antônio Carlos Zago, que arruma confusão em todo clube grande no qual trabalha. Lembram-se daquela festa em Presidente Prudente, em 2009, quando ele trabalhou no Timão?

Resta saber qual será a solução que a instável e conturbada diretoria palmeirense encontrará para esta situação. Sou da opinião que se o Verdão deixar o Parraga como técnico é capaz do time melhorar bastante de rendimento. Em 2009, com Jorginho como técnico interino, o Palmeiras estava jogando muito bem e ganhando quase todos os jogos. Daí, a diretoria contratou o Muricy Ramalho e o Vágner Love e o resultado foi que o time sequer conseguiu se classificar para a Libertadores.

Já os times cariocas, pelo que vi até o momento, não penso que possam ser considerados favoritos ao título. O Flamengo é aquela bagunça de sempre. No ano passado conquistou o título mais em função do bom trabalho feito por Andrade e da irregularidade dos outros clubes que eram considerados favoritos ao título (o São Paulo e o Palmeiras, principalmente, bem como o Internacional, que não foi o mesmo depois que perdeu a Recopa Sul-Americana e a Copa do Brasil no 1o. semestre do ano passado) mas que pipocaram na reta final. Assim, dificilmente o raio cairá duaz vezes no mesmo lugar.

O Vasco fez um péssimo jogo contra o Palmeiras e mostra não ter elenco para ambicionar algo mais neste Brasileirão. Pode ate ser que o time melhore com o decorrer do campeonato e com o enfraquecimento de outros clubes devido às negociações de jogadores. Mas, acredito que o Vasco deverá procurar se manter na Série A e obter, pelo menos, uma vaga na Sul-Americana de 2011. Se conseguir mais do que isso, será lucro.

Enquanto isso, o Fluminense está se reforçando. Manteve jogadores importantes de 2010, como Fred e Conca, e contratou o bom atacante Rodriguinho (ex-Santo André), bem como o técnico Muricy Ramalho. Junto com o Botafogo de Joel Santana (Campeão Carioca de 2010 e que se reforçou como jogadores como Herrera, Loco Abreu, Edno, entre outros) o Fluminense me parece ser o time carioca que poderá ir mais longe neste Brasileirão.

Já no São Paulo, o técnico Ricardo Gomes parece que somente agora está se firmando no clube, tendo levado o time para a semifinal da Libertadores, contra o mesmo Internacional que o derrotou na final do torneio em 2006. A contratação de Fernandão mudou o time e fez com que o mesmo passasse a jogar um bom futebol, o que não havia acontecido até então neste ano. Caso mantenha este nível, é provável que o tricolor paulista dispute, novamente, o título da competição. E como o time já mostrou que sabe ganhar campeonatos de pontos corridos, é bom prestar atenção ao clube do Morumbi.

Já os times gaúchos, neste momento, me parece que estão em momentos distintos. O Grêmio perdeu ontem, por 4 X 2, para o Palmeiras, e embora tenha contratado jogadores como Borges, Hugo, Leandro e Rogério (todos ex-São Paulo) e Douglas (ex-Corinthians) não demonstra ter, neste momento, um time em condições de ser campeão. O Grêmio precisa, urgentemente, que se quiser ambicionar algo mais neste Brasileirão, melhorar o seu desempenho fora de casa, que foi péssimo no Brasileirão de 2009. Mas, a derrota para o Palmeiras mostrou que talvez isso não aconteça ainda neste ano. Assim, o Grêmio mostra força quando joga no Olímpico, mas somente isso não é suficiente caso queira, pelo menos, conquistar uma vaga na Libertadores de 2011.

O Internacional, por sua vez, chegou à semifinal da Libertadores e depois de eliminar o campeão de 2009, o Estudiantes da Argentina, me parece ter elenco para disputar, sim, o título do Brasileirão. No mínimo, o Inter deverá conseguir a classificação para a Libertadores, pois time para isso o Colorado gaúcho tem.

Enquanto isso, os times de Minas Gerais parece que não conseguem mais se equiparar aos de São Paulo e Rio de Janeiro, pelo menos quanto à disputa do título. O Cruzeiro sempre consegue ficar entre os primeiros colocados, conquistando vaga para a Libertadores. Mas, título que é bom, nada. E o Atlético-MG é o famoso 'cavalo paraguaio', que larga na frente, mas que não mantém o ritmo até o final e acaba ultrapassado pelos concorrentes. O Brasileirão de 2009 foi um exemplo perfeito. Será que com Luxemburgo como técnico isso irá se modificar? Vamos ter que aguardar para verificar isso.

Os demais times, salvo alguma surpresa, não me parece que terão força para conseguir muita coisa neste Brasileirão, não. Mas, talvez o Grêmio Prudente, o Atlético-GO, o Vitória e o Avaí possam, pelo menos, incomodar os grandes clubes. Resta saber se terão força suficiente para conseguir uma vaga na Libertadores. Mesmo que não consigam, eles farão daquele grupo de times que será difícil de derrotar e que poderão, sim, tirar pontos preciosos dos considerados favoritos ao título do campeonato.

A julgar pelo momento atual dos clubes, entendo que Corinthians, Internacional, São Paulo e Santos são os times que deverão brigar pelo título. Porém, convém prestar atenção ao Palmeiras, Cruzeiro, Grêmio, Fluminense e Botafogo, que parecem compor um grupo de times que tem potencial para crescer durante a competição. Resta saber se isso irá se confirmar.

E é claro que teremos que esperar para saber quantas mudanças teremos nos elencos dos principais clubes durante a famosa 'janela européia'. Se forem muitas, tudo isso que se escreveu aqui ficará, é claro, ultrapassado e teremos que fazer uma nova aliação do quadro.

Até lá, no entanto, creio que o momento atual é este que analisei aqui.

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário