Time GRANDE!

Como você sabe que um time é Grande, mas GRANDE, mesmo? Quando os torcedores de TODOS os outros times torcem contra ele, oras!

Do proprietário deste blog, Marcos Doniseti.

sábado, 23 de julho de 2011

Novo estádio do Corinthians viabiliza o jogo de abertura da Copa de 2014 em SP! - por Marcos Doniseti!

Novo estádio do Corinthians viabiliza o jogo de abertura da Copa de 2014 em SP! - por Marcos Doniseti!
 
Mesmo que aos trancos e barrancos, finalmente uma matéria da Grande Mídia (link: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/esporte/fk2207201113.htm) esclarece que o estádio do Corinthians somente ficará tão caro em função da necessidade do mesmo de atender às exigências da FIFA para abrir a Copa do Mundo de 2014.

Originalmente, o novo estádio do Corinthians não tinha nada a ver com a Copa do Mundo de 2014. 

Na verdade, a construção do estádio era um compromisso de Andrés Sanchez, que se tornou o presidente do Timão no final de 2007, substituindo o defenestrado e odiado Dualib.

Desde o início, Sanchez disse que uma das suas prioridades era fazer o Corinthians ter o seu próprio estádio. E quando o projeto foi elaborado, o preço inicial do mesmo ficou em torno de R$ 350 a R$ 400 milhões.

Mas, como o prefeito Gilberto Kassab deseja que a abertura do Mundial de 2014 seja em SP, então os custos dispararam, pois a FIFA impõem inúmeras exigências para que um estádio esteja em condições de abrir uma Copa do Mundo. 

O presidente corintiano sempre deixou bem claro que o Corinthians jamais teria condições de de bancar, sozinho, a construção de um estádio de acordo com as condições que a FIFA exige para uma partida de abertura de Copa do Mundo.

Assim, Andrés Sanchez deixou bem claro que se os governos de SP (governo do estado e prefeitura) quisessem que o estádio do Timão fosse o local de abertuta da Copa de 2014, então eles teriam que pagar a diferença do valor das obras (originalmente em torno de R$ 350 milhões a R$ 400 milhões, como eu já disse aqui), pois o Timão jamais teria condições de construir um estádio no valor de R$ 800 milhões ou mais.

E é por isso que a prefeitura de SP (via incentivos fiscais baseados numa Lei de 2004, aprovada ainda na gestão da prefeita Marta Suplicy e que concede redução de impostos - ISS, IPTU e ITBI - para todos os investimentos feitos na Zona Leste de SP) e o governo do estado de SP estão injetando dinheiro na obra. 

E somente assim foi possível viabilizar o jogo de abertura da Copa do Mundo em SP.

Se não fosse pelo novo estádio corintiano o jogo de abertura jamais seria realizado na capital paulista. 
 
Nem a Arena Palestra , do Palmeiras, teria condições de abrir um jogo de Copa de Mundo. O novo estádio palmeirense pode até ser o local de algumas partidas da Copa, mas jamais estará em condições de abrigar um jogo inaugural de Copa do Mundo.

Assim, sem o novo estádio do Timão para abrir a Copa de 2014, seria necessário construir um novo estádio, totalmente bancado pelo setor público, e o custo dele seria, portanto, muito maior do que o valor que está sendo injetado para viabilizar a construção do estádio corintiano, pois do total a ser gasto na construção do estádio do Corinthians, R$ 400 milhões serão assumidos e pagos pelo clube. 

Portanto, questiono: Qual a culpa que o Corinthians tem pelo fato que os governos de SP (estadual e municipal, principalmente o prefeito Kassab) quiseram bancar o valor adicional necessário para que o novo estádio  do Timão seja o local de abertura da Copa de 2014??

Nenhuma, é claro.

Logo, com ou sem jogo de abertura de Copa do Mundo, o estádio do Timão seria construído.

Nenhum comentário:

Postar um comentário