Time GRANDE!

Como você sabe que um time é Grande, mas GRANDE, mesmo? Quando os torcedores de TODOS os outros times torcem contra ele, oras!

Do proprietário deste blog, Marcos Doniseti.

domingo, 17 de julho de 2011

Por que o Corinthians subiu de produção e lidera o Brasileirão jogando o fino da bola!

Por que o Corinthians subiu de produção e lidera o Brasileirão jogando o fino da bola! - por Marcos Doniseti!

Muitos se questionam porque o Corinthians subiu tanto de produção após o final do Paulistão, quando perdeu a decisão para o Santos, e lidera o Brasileirão de forma invicta, com 8 vitórias e 1 derrota, e ainda está jogando um futebol bonito, ofensivo e com um jogo coletivo muito forte.

É comum ver, por exemplo, os atacantes do time participando da marcação na defesa, combatendo os adversários.

Afinal, o time titular do Corinthians praticamente não mudou desde então, embora vários reforços tenham sido contratados (Renan, Emerson Sheik, Alex) mas nenhum deles é titular do time, por enquanto.

O fato concreto é que o Corinthians está sendo bem dirigido, dentro e fora de campo.

Se o Tite tivesse sido mandado embora no início do ano, chegaria um novo técnico, que começaria um trabalho a partir 'do zero', e que talvez não tivesse um relacionamento tão bom nem com a diretoria e nem com os jogadores.

E mesmo que isso acontecesse, o novo técnico precisaria de vários meses para conseguir dar um padrão de jogo e entrosar o time. Talvez o Corinthians até conseguisse jogar um bom futebol, depois disso, mas quando isso começasse a acontecer, já seria tarde demais.

Daí, o Timão terminaria o campeonato lá pela 5a. ou 6a. posição.

Além disso, o time titular do Corinthians mudou pouco entre o final do Paulista e o início do Brasileirão.

De novidade no time titular, mesmo (na maioria dos jogos do Brasileirão), tivemos só a entrada do Welder (que está substituindo o Alessandro, contundido) e a saída do Dentinho. Os outros já faziam parte do elenco.

O que aconteceu foi que a manutenção do Tite no comando do time, mesmo depois da eliminação na Libertadores e da perda do título paulista para o Santos, permitiu que ele continuasse com o seu trabalho e tivesse tempo para dar um padrão tático definido para o time e entrosar a equipe.

Além disso, Tite conseguiu desenvolver um bom relacionamento com os jogadores, que entram em campo e cumprem com as suas determinações. Ele tem o comando do time, o que nem sempre acontece com todos os técnicos. Basta ver o exemplo do Carpegiani, demitido há poucos dias do São Paulo.

E foi tudo isso que fez com que o Corinthians subisse tanto de produção no Brasileirão e, agora, já esteja sendo considerado, mesmo estando ainda na 9a. rodada do campeonato, como o maior favorito para a conquista do título.

Nenhum comentário:

Postar um comentário