Time GRANDE!

Como você sabe que um time é Grande, mas GRANDE, mesmo? Quando os torcedores de TODOS os outros times torcem contra ele, oras!

Do proprietário deste blog, Marcos Doniseti.

domingo, 4 de dezembro de 2011

Corinthians lidera campeonato em 27 rodadas e conquista merecidamente o PentaCampeonato Brasileiro! - por Marcos Doniseti!

Corinthians lidera campeonato em 27 rodadas e conquista merecidamente o PentaCampeonato Brasileiro! - por Marcos Doniseti!


Depois de liderar o Brasileirão por 27 rodadas, o Corinthians conquistou o Pentacampeonato brasileiro, e de forma mais do que merecida, ao empatar em 0 X 0 com o seu maior rival, o Palmeiras.

Nas 5 últimas rodadas, o Timão venceu 4 dos 5 jogos e empatou apenas a partida final contra o Palmeiras, quando a igualdade no placar garantiria o título para o Timão independente do resultado final do jogo entre Vasco X Flamengo.

Depois do jogo contra o América-MG, na qual o time mineiro venceu por 2 X 1, quando o Corinthians fez a sua pior partida no Brasileirão, os jogadores corintianos mudaram completamente de postura e jogaram com muita determinação as 5 partidas finais, mesmo sem fazer partidas brilhantes tecnicamente. O grupo corintiano sabia que, se quisesse conquistar o título, teria que jogar cada partida como se fosse a decisão e foi desta maneira que o Corinthians encarou os seus últimos jogos.

Assim, na reta final, com atuações marcadas pela aplicação tática e pela imensa vontade dos seus jogadores, e procurando cometer poucos erros e sem se arriscar muito durante as partidas, preocupando-se muito mais em não tomar gols e em fortalecer o seu sistema defensivo, o Corinthians conseguiu os resultados que precisava para ser campeão. O Corinthians jogou um futebol prático e eficiente e conseguiu o seu objetivo, que era, é claro, a conquista do título.

A campanha do Vasco, que disputou o título até a última rodada, mesmo depois de ter conquistado a Copa do Brasil e de ter, portanto, vaga garantida  na Libertadores de 2012, serviu para engrandecer ainda mais a conquista do Brasileirão pelo Corinthians. O Vasco se superou neste segundo semestre, chegando até a semifinal da Sul-Americana, além de disputar o título do Brasileirão até os minutos finais da última rodada.

O Corinthians foi, de fato, o time mais regular do campeonato, que foi marcado pela irregularidade de todos os times. Tanto isso é verdade que, mesmo no momento em que o Corinthians esteve mal no torneio, acumulando uma série de resultados ruins, nenhum outro clube conseguiu abrir uma vantagem grande contra o Corinthians. O Vasco até chegou a ter 4 pontos de vantagem (com um jogo a mais) sobre o Corinthians, mas acabou sendo novamente ultrapassado pelo Timão, que não perdeu mais a liderança.

E outro fato importante é que o Corinthians deslanchou no momento certo, na reta final do campeonato, nas 5 últimas partidas, quando conquistou 13 dos 15 pontos que disputou.Quando se disputa um campeonato tão equilibrado, como foi este Brasileirão, uma arrancada final acaba fazendo a diferença, como ocorreu neste ano com o Corinthians.


Além disso, tem que se reconhecer que foi absolutamente correta a decisão do presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, em manter Tite no comando do time, mesmo no momento de maior instabilidade do Corinthians no campeonato, quando o mesmo perdeu muitos pontos em jogos disputados em pleno Pacaembu lotado pela Fiel Torcida corintiana (caso das derrotas para o Cruzeiro, Figueirense e Botafogo e do empate contra o Ceará). Neste momento, a pressão para que Tite fosse demitido foi muito forte e Andrés o manteve no comando do time.

Desta maneira, a manutenção do técnico foi essencial para a conquista do título, pois o mesmo teve tempo de corrigir as falhas do time até o final do campeonato, principalmente na sua defesa, que estava falhando. Aliás, para fazer isso, Tite afastou o capitão Chicão, que parece estar vivendo a fase descendente de sua carreira. Ao efetivar Paulo André e Leandro Castán como titulares, o técnico corintiano resolveu o problema defensivo do Timão.

Enquanto isso, clubes como o São Paulo e o Botafogo, que trocaram de técnico durante o campeonato (o São Paulo fez isso duas vezes, demitindo Carpegiani e Adilson Batista), sequer conseguiram conquistar uma vaga para a Libertadores de 2012.

E como se não bastasse, neste último jogo contra o Palmeiras, ainda tivemos um 20o. erro grave cometido pela arbitragem contra o Corinthians em todo o campeonato, que foi um pênalti não marcado a favor do Timão em uma jogada em que o zagueiro Henrique derrubou o atacante William dentro da área do Palmeiras.

Além disso, não há como negar um fato mais do que evidente: o fundamental papel desempenhado pela Fiel Torcida corintiana neste campeonato brasileiro. Ela apoiou o clube em todos os momentos, mesmo na fase de maior instabilidade. O Pacambu sempre lotado, com a torcida apoiando o time durante todo o jogo, em cada partida, transformou a Fiel Torcida, literalmente, no 12o. jogador do Corinthians.

Justamente em função disso, o Corinthians foi o time com a maior média de renda e de público do campeonato (pouco mais de 19 milhões arrecadados como mandante; o público médio do Corinthians, também como mandante, foi de quase 30 mil torcedores por jogo).

E o elenco corintiano, na soma de jogadores titulares e reservas, foi o mais equilibrado de todo o campeonato. Quando Danilo não podia jogar, Alex entrava no time (quase sempre, jogando melhor do que o titular). Na ausência de Liedson ou William, o Timão ainda tinha Jorge Henrique e Emerson, que subiu muito de produção ao longo do campeonato e tornou-se um dos principais jogadores do Timão no segundo turno, assumindo a titularidade. Mesmo Adriano acabou marcando um gol, contra o Atlético-MG, que foi importantíssimo para a conquista do título corintiano.


Até jogadores como Morais e Ramires, que pouco jogaram durante todo este ano, acabaram correspondendo bem em uma partida que foi fundamental para a conquista corintiana, na vitória contra o Ceará por 1 X 0, na reta final do campeonato.

Outro fator importante para a conquista do título pelo Corinthians, foi o fato de que a zaga corintiana foi a menos vazada do campeonato, tendo sofrido apenas 36 gols (menos de 1 por jogo, em média). Enquanto isso, o Timão foi o 8o. colocado em gols marcados (53). Mas o saldo de gols do Corinthians foi de 17, o melhor do campeonato, junto com o Vasco.

Assim, uma defesa sólida e um ataque que deixava a sua marca, mesmo sem ser brilhante, marcaram esse time corintiano, que venceu a maioria dos seus jogos por 1 gol de diferença. Porém, isso foi suficiente para fazer do Corinthians o time com de maior número de vitórias (21) do Brasileirão.

Individualmente, o grande destaque do Corinthians foi, inegavelmente, o atacante Liedson, que foi o artilheiro do time, com 12 gols marcados, e que chegou a ser submetido a uma cirurgia no joelho em pleno campeonato, ficando afastado por muitos jogos. E olha que Liedson veio do Sporting de Portugal, no início de 2011, e a sua temporada havia começado, portanto, em meados de 2010. Assim, Liedson não sabe o que são férias há muito tempo. Mesmo assim, o seu empenho neste campeonato foi impressionante, ajudando até mesmo na marcação em muitos jogos.

Portanto, essa combinação de fatores ajuda a explicar a conquista do título pelo Corinthians e esse foi mais do que merecido.

Logo, a Fiel Torcida corintiana tem mais é que comemorar, mesmo, e com muita alegria, a conquista do Pentacampeonato brasileiro pelo Corinthians.

Valeu, Corinthians!

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/2011/12/recordista-de-publico-e-renda-fie

Nenhum comentário:

Postar um comentário