Time GRANDE!

Como você sabe que um time é Grande, mas GRANDE, mesmo? Quando os torcedores de TODOS os outros times torcem contra ele, oras!

Do proprietário deste blog, Marcos Doniseti.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Corinthians e Chelsea decidem o Mundial de Clubes da FIFA 2012! - por Marcos Doniseti!

Corinthians e Chelsea decidem o Mundial de Clubes da FIFA 2012! - por Marcos Doniseti!


Como era de se esperar, Corinthians e Chelsea irão disputar a decisão do Mundial de Clubes da FIFA deste ano. 

O Timão fez o suficiente para derrotar o Al Ahly, dominando inteiramente a partida até o momento em que marcou 1 X 0, aos 29 minutos do primeiro tempo. 

Depois, o time brasileiro recuou e segurou o placar até o final, com Cassio virtualmente não sendo exigido, a não ser em cruzamentos sobre a área, visto que as finalizações do time do Egito iam todas para fora. 

Algumas coisas ficaram bem claras nesta semifinal: Emerson está fora de forme e sem ritmo de jogo, devido aos períodos em que ficou afastado neste segundo semestre, no qual ele pouco jogou. 

Além disso, Douglas jogou mal, embora tenha sido o responsável por cruzar a bola para Guerrero marcar o gol da vitória corintiana. Mas ele errou quase todos os lances dos quais participou. 

E e em função destas más atuações de Emerson e Douglas, o Corinthians pouco penetrou na defesa do Al Ahly. E um outro motivo disso é que o time estava muito lento no ataque. Em várias oportunidades, Danilo e Paulinho ficaram em condições de passar a bola para um atacante, mas ninguém se apresentou. 

Assim, claramente o Corinthians sentiu faltas de jogadores rápidos no ataque, que se movimentassem bastante e dessem opções de jogada para finalizar ou fazer uma tabela. 

Tite percebeu isso e tirou Douglas e Emerson (que, como já disse, jogaram muito mal), colocando Jorge Henrique e Romarinho no segundo tempo. Depois disso, o Corinthians subiu de produção e passou a criar jogadas de contra-ataque, o que não estava acontecendo, chegando perto de marcar o segundo gol, principalmente num lance em que Paulinho foi travado no exato instante em que iria finalizar. Romarinho, por sua vez, começou a incomodar bastante a defesa do time do Egito. 

Mas, nessa altura da partida, o time há havia recuado muito e quase não ia mais para o ataque, com receio de sofrer o gol de empate. 

Desta maneira, o Corinthians jogou, claramente, para vencer a partida, não se preocupando em jogar bonito ou em dar espetáculo, procurando apenas em garantir a sua presença na decisão, no próximo domingo. De fato, isso era o principal no jogo contra o Al Ahly, mas o Timão terá que melhorar muito se quiser conquistar o seu segundo título do Mundial de Clubes da FIFA. 

Com certeza, o time sentiu a pressão de vencer o jogo e isso afetou negativamente o desempenho do time, mas agora que já está garantido na grande decisão o Timão terá que jogar bem e se superar para poder derrotar o Chelsea. 

Já o time inglês derrotou o fraco Monterrey com facilidade, por 3 X 1, mostrando que é muito superior ao time mexicano. Este até criou chances de gol, mas não soube aproveitá-las. Aliás, se o Chelsea permitir que o Corinthians crie tantas oportunidades, poderá vir a ser derrotado na final.

Além disso, alguns pontos fracos do time inglês ficaram bem evidentes, como o lateral-direito, Azpilicueta, que levou um baile do ponta-esquerda mexicano, principalmente no primeiro tempo, e em várias oportunidades o Chelsea não soube o que fazer quando o time mexicano marcou pressão a saída de bola.

O sistema defensivo do time inglês também permitiu que o fraco time mexicano criasse várias oportunidades de gol, mas o mesmo não soube aproveitá-las. Mas, com certeza, esse é um aspecto que o Chelsea terá que corrigir caso deseje ganhar do Corinthians, que é bem superior ao Monterrey. 

Com certeza, Tite deve ter percebido essas falhas do time inglês e deverá tentar explorá-las na grande decisão do próximo domingo, que tem tudo para ser um excelente jogo e cujo resultado final é imprevisível. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário