Time GRANDE!

Como você sabe que um time é Grande, mas GRANDE, mesmo? Quando os torcedores de TODOS os outros times torcem contra ele, oras!

Do proprietário deste blog, Marcos Doniseti.

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Por que Tite deveria permanecer no Corinthians e rejeitar a Seleção Brasileira? - Marcos Doniseti!

Por que Tite deveria permanecer no Corinthians e rejeitar a Seleção Brasileira? - Marcos Doniseti!
Tite é o treinador com mais conquistas na história do Corinthians. Fica, Tite!
1) A CBF é uma entidade desmoralizada, cujo presidente sequer pode sair do país, pois tem medo de vir a ser preso. Se associar a esses dirigentes não é uma boa ideia. E os escândalos nos quais os dirigentes se envolvem acabarão por respingar em Tite, o que seria uma grande injustiça;

2) A Seleção Brasileira virou apenas um instrumento por meio do qual grandes empresas multinacionais, suas patrocinadoras, dirigentes esportivos e empresários de jogadores enriquecem cada vez mais.

Eles não dão a mínima para o futebol propriamente dito e não estão nem aí para a qualidade do futebol da Seleção Brasileira;

3) A Seleção Brasileira não tem um planejamento que permita ao técnico treinar o time, para que o mesmo possa adquirir padrão de jogo e se entrosar. Os treinos são feitos nos aeroportos... E sem isso não há time que possa jogar bem.

Tite é um treinador que trabalha duro e de forma séria. E com isso, ele consegue resultados impressionantes, como ficou comprovado em 2015 quando, mesmo após o Corinthians perder 4 jogadores importantes, ele conseguiu reorganizar o time e levá-lo à conquista do Hexa Campeonato Brasileiro, jogando um futebol brilhante, de encher os olhos de quem gosta de futebol;

Na Seleção Brasileira isso não irá acontecer. O Brasil não participará da Copa das Confederações (na qual Tite poderia tem mais tempo para trabalhar com o grupo de jogadores) e só terá as Eliminatórias e eventuais jogos amistosos para treinar e entrosar o time, o que não será suficiente.

Assim, a chance da Seleção Brasileira de obter resultados ruins e jogar mal é muito grande.

Neste contexto, Tite passará a ser criticado de forma cada vez mais dura, principalmente se os resultados dos primeiros jogos não forem bons ou se a Seleção jogar mal, o que é muito provável, pois ele precisará de tempo para treinar e entrosar o time, o que nunca terá, a não ser durante a Copa de 2018.

Até lá, os treinos serão realizados nos aeroportos;

4) Tite se tornou um treinador fortemente identificado com o Corinthians, em função das conquistas que acumulou no clube nos últimos anos. 

Com isso, haverá uma rejeição e uma cobrança muito fortes por parte dos torcedores dos outros clubes. Aliás, ele nem assumiu o cargo de treinador da Seleção Brasileira e já li comentários idiotas dizendo que 'Tite é retranqueiro', embora o Corinthians jogue um futebol ofensivo, criando inúmeras chances de gol durante as partidas e o Timão tenha terminado o Brasileiro de 2015 com o melhor ataque da competição.

E no campeonato Paulista deste ano, o Corinthians terminou a primeira fase do torneio com o segundo melhor ataque (26 gols marcados), com a defesa menos vazada (8 gols sofridos) e com o maior saldo de gols (18).

Como um treinador que obtém tais resultados pode ser chamado de 'retranqueiro'? Tem que ser um neófito em futebol para se afirmar algo desse tipo; 

5) A Seleção Brasileira que Dunga deixou para o sucessor é um tremendo de um abacaxi: O time não tem um padrão de jogo definido e, assim, sempre joga mal. Não existe, portanto, uma base a partir da qual se possa desenvolver um trabalho. 

Tite terá que começar tudo do zero, e terá que fazer isso com as Eliminatórias em andamento faltando apenas poucos mais de dois anos para a próxima Copa do Mundo. Além disso, terá que começar um trabalho com a Seleção Brasileira vindo de sucessivos vexames na Copa América e sem que ninguém mais tenha qualquer respeito pela amarelinha. 

E caso o Brasil não se classifique para a Copa do Mundo, ninguém irá se lembrar do péssimo trabalho de Dunga. Se isso acontecer, toda a culpa irá recair sobre Tite; 

6) A imprensa esportiva brasileira está repleta de pseudo-jornalistas, metidos a sabichões, que acham que entendem tudo de futebol e que adoram aparecer para o grande público, pois vivem mais de merchan e de satisfazer o próprio ego do que em analisar o futebol com o mínimo de seriedade.

Assim, criticar Tite por eventuais maus resultados da Seleção Brasileira irá virar o esporte predileto dessa turma. 

Desta maneira, a culpa por eventuais fracassos ou resultados ruins da Seleção Brasileira irá recair sobre ele, Tite, e não sobre a estrutura apodrecida, arcaica e medieval do futebol brasileira. 

E se Tite não conquistar bons resultados à frente da Seleção Brasileira, os dirigentes da CBF poderão dizer algo como "Vocês não pediram pelo Tite? Então, nós o colocamos e não adiantou nada. Estão vendo como a culpa não é nossa?";

7) Atualmente, os jogadores dão muito mais valor aos seus clubes, que lhes pagam salários milionários, do que à Seleção Brasileira. Se esta ganhar ou perder, não muda nada para a vida deles.

Atualmente, os jogadores brasileiros se preocupam mais em serem contratados por algum grande clube europeu do que em jogar pela Seleção Brasileira.

E isso é fruto da própria desmoralização da CBF e da estrutura pré-histórica do futebol brasileiro;

8) No Corinthians, Tite está na sua casa e tem o apoio e a confiança da diretoria, dos funcionários do clube, dos jogadores e da imensa Fiel Torcida corintiana.

Mesmo que o time jogue mal algumas partidas e que ele não consiga ganhar todos os campeonatos (e não conseguirá), há uma confiança muito grande na capacidade e na seriedade do trabalho realizado por Tite. Os seis títulos que ele conquistou pelo clube (2 Brasileiros, 1 Paulista, 1 Recopa, 1 Libertadores e 1 Mundial de Clubes) o credenciam a ser considerado como o melhor e mais importante treinador da história corintiana.

Por isso, eu peço:

Fica no Corinthians, Tite!

Link:


Nenhum comentário:

Postar um comentário