Time GRANDE!

Como você sabe que um time é Grande, mas GRANDE, mesmo? Quando os torcedores de TODOS os outros times torcem contra ele, oras!

Do proprietário deste blog, Marcos Doniseti.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Corinthians empata com o Avaí e Grêmio reduz vantagem do Timão para 6 pontos! - Marcos Doniseti!

Corinthians empata com o Avaí e Grêmio reduz vantagem do Timão para 6 pontos! - Marcos Doniseti!

O Corinthians empatou a segunda partida seguida no campeonato Brasileiro, contra o Avaí (fora), com a partida terminando 0 X 0. No sábado, o Timão já havia empatado, em casa, contra o Atlético-PR (2 X 2), em uma partida em que teve várias chances para liquidar o jogo, mas não soube aproveitar as mesmas. 

Agora, quem diz que o Corinthians tinha a obrigação de ganhar do Avaí esqueceu que o clube de Santa Catarina vinha de uma boa sequência de jogos, na qual derrotou o Grêmio e o Botafogo fora de casa (nos cinco jogos anteriores o Avaí tinha vencido 2, empatado 2 e perdido apenas 1). 

Mesmo assim o Corinthians dominou a partida, teve mais posse de bola e criou mais chances de gol do que o time local. 

O fato concreto é que o Corinthians empatou dois jogos em que foi melhor do que os adversários (Atlético-PR e Avaí), sendo que criou chances para marcar, mas não aproveitou as mesmas. 

Entendo que um dos principais motivos para que isso tenha acontecido é que os jogadores do Timão estão muito 'fominhas' no ataque.

No jogo contra o Atlético-PR (2 X 2), por exemplo, tivemos um lance no qual Jadson poderia ter passado para Pedrinho, que estava totalmente livre na área, mas preferiu chutar e errou.

Na partida contra o Avaí aconteceu o mesmo, com Arana e Marquinhos Gabriel podendo passar para jogadores melhor colocados para chutar. Mas eles preferiram finalizar e erraram. No lance de Arana, o atacante Jô estava sozinho, na marca do pênalti. Se recebesse o passe ele iria apenas empurrar a bola para o gol. 

Além disso, todos os times que jogam contra o Corinthians estão se fechando na defesa, se retrancando, pois sabem que se derem espaços irão perder e, com isso, o Timão está com dificuldades para criar oportunidades de gol.

Isso também acontece com os adversários quando os mesmos enfrentam o Corinthians e tomam a iniciativa da partida. O Timão se fecha muito bem na defesa, marcando forte o tempo inteiro, e quase não permite que o adversário crie chances de gol. 

Portanto, Carille precisa treinar o time do Corinthians para que o mesmo possa furar as retrancas adversárias, com jogadas em velocidade, usando a linha de fundo, sem errar passes. Também é necessário que ele oriente os jogadores a ser menos 'fominhas' e use mais o ótimo Pedrinho, que sabe driblar. E o drible é uma ótima forma de desmontar a marcação dos adversários. 

Basta ver o que aconteceu na partida contra o bom time do Botafogo, na Arena, quando Pedrinho entrou e, já em sua primeira jogada, desmontou a defesa do Botafogo e deu passe para que Jô pudesse marcar. 

Fábio Carille também cometeu alguns erros nos dois últimos jogos: Ele tirou Romero do lado esquerdo contra o Atlético-PR, invertendo posição com Marquinhos Gabriel, e logo depois o Timão sofreu o primeiro gol. 

Essa troca de posições foi inteiramente incompreensível, pois naquela partida o Corinthians estava sem Pablo (lesionado) e G.Arana (suspenso). Assim, o lado esquerdo da defesa do Corinthiahs ficou com Pedro Henrique, Moisés e Marquinhos Gabriel, três jogadores que não haviam atuado juntos nesta temporada. 

O entrosamento entre eles era nulo, portanto. Enquanto isso, Romero joga por aquele lado da defesa corintiana há muito tempo. Se ele estivesse ali dificilmente Jonathan teria feito o gol. 

E na partida contra o Avaí, Fábio Carille errou novamente quando escalou o Pablo como titular, sendo que o mesmo saiu do treino na terça-feira sentindo dores no mesmo local da lesão muscular que havia sofrido na partida contra o Palmeiras. Daí o excelente zagueiro do Timão saiu cedo da partida (aos 13 minutos do primeiro tempo) e o Corinthians perdeu uma substituição. 

Não havia necessidade alguma de antecipar a volta do jogador e colocá-lo para jogar contra o Avaí. 

Ele deveria ter ficado de fora, se recuperando integralmente da lesão, voltando apenas na partida seguinte, que será contra o bom time do Fluminense, no Maracanã. 

E logo depois da saída de Pablo, foi a vez de Jadson se contundir, em lance com o zagueiro Betão. 

Foi constatado que ele sofreu fratura na costela e, assim, ficará um mês afastado. 

Logo, aos 15 minutos do primeiro tempo o Timão já tinha sido obrigado a fazer duas substituições. E uma delas (Pablo) foi responsabilidade de Carille, sim. 

Resta saber quem serão os substitutos dos dois jogadores. No caso de Pablo, ele será substituído pelo bom e jovem Pedro Henrique. E no caso de Jadson, penso que o Carille deveria colocar o Camacho em seu lugar. Ele tem bom passe, faz a bola correr e participa intensamente da marcação. Assim, Camacho tem um estilo de jogo parecido ao de Jadson.

Os resultados das duas últimas partidas não foram bons para o Corinthians, mas não são nenhuma tragédia.

Afinal, com os resultados dos jogos desta quarta-feira, a vantagem do Corinthians (37 pontos) agora é de 6 pontos sobre o Grêmio (31 pontos), 10 sobre Santos (27 pontos), 12 a mais do que o Flamengo (25 pontos) e 14 na frente do Palmeiras (23 pontos).

Porém, é necessário que Carille corrija as falhas e os erros cometidos nestas duas partidas. 

Assim, os jogadores tem que ser menos individualistas nas partidas, não se deve colocar ninguém para jogar sem que o mesmo esteja recuperado de lesão e o time precisa aproveitar as boas chances de gol que cria nos jogos. 

Inegavelmente, o campeonato Brasileiro é longo, difícil e muito desgastante, com muitos clubes grandes querendo conquistar o título. Mas é justamente por isso que a margem para se cometer erros é bastante estreita. 

O Corinthians chegou a abrir 10 pontos de vantagem sobre o segundo colocado justamente porque estava errando bem menos do que os adversários. 

E o clube que errar menos dificilmente deixará de conquistar o campeonato. 

Assim, espera-se que a comissão técnica do Corinthians e os jogadores se conscientizem dos erros cometidos nas duas últimas partidas e procurem corrigir os mesmos para a sequência do campeonato. 

Outras Partidas de 19/07!

Nas outras partidas desta quarta-feira, tivemos alguns resultados previsíveis: Vitórias do Grêmio, do Santos e da Ponte Preta e empate entre Flamengo X Palmeiras. O SPFC derrotou o fraco time do Vasco e pode iniciar uma recuperação no campeonato (jogadores para conseguir isso o time possui). 

A grande surpresa foi a derrota do Galo, em pleno 'Horto', para o Bahia (2 X 0). 

Em Salvador, o Grêmio derrotou o fraco time do Vitória (3 X 1), que possui uma defesa horrível (já sofreu 27 gols em 15 partidas). O resultado era mais do que previsível, devido à diferença de qualidade dos dois times, que é muito grande. 

O Grêmio se consolida, assim, como o mais sério candidato a tirar o título do Corinthians, que ainda permanece como o grande favorito. 

Afinal, o Grêmio disputa três campeonatos difíceis simultaneamente (Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil), enquanto que o Corinthians está participando de dois (Brasileiro e Sul-Americana). 

A diferença de seis pontos entre os dois clubes deve-se, aliás, à importante vitória do Corinthians sobre o mesmo Grêmio (1 X 0), na Arena deste. Se aquela partida tivesse terminada com a vitória gremista, hoje os dois times estariam empatados na liderança, com o mesmo número de pontos (34). 

A goleada que o Coritiba sofreu em Campinas já resultou na demissão do treinador (Pachequinho) e tudo indica que Roger Machado poderá vir a ter o mesmo destino, pois os resultados do Atlético-MG são muito ruins, quando se leva em consideração a qualidade dos jogadores que o clube possui (Victor, Rafael Carioca, Marcos Rocha, Robinho, Fred, Fábio Santos, Cazares...). Perder do Bahia dentro de casa pode ter sido fatal para Roger Machado. 

Tudo indica que a filosofia de jogo de Roger Machado (marcação forte, ocupação de espaços, recomposição rápida) não funcionou no Atlético-MG, um time que, há vários anos, está habituado a jogar de maneira bastante ofensiva e sem se preocupar muito com a marcação e com o sistema defensivo. 

Enquanto isso, o empate entre Flamengo e Palmeiras (2 X 2), que foram os dois times que mais investiram para essa temporada, foi ruim para ambos, que não conseguiram reduzir a diferença que os separa do Corinthians e viram Grêmio e Santos vencerem os seus jogos. 

Com a sequência de resultados ruins do Flamengo (somou apenas dois pontos nas partidas disputadas contra Grêmio, Cruzeiro e Palmeiras, sendo que duas delas foram em casa) a torcida do rubro-negro carioca está pedindo pela demissão de Zé Ricardo. 

A Ponte Preta, que vinha de uma sequência ruim (4 derrotas e 1 empate nas 5 partidas anteriores) goleou um Coritiba (4 X 0) que também vinha de uma série de jogos muito fraca (foram 4 derrotas, 1 empate e 1 vitória nas 6 partidas anteriores). 

O Santos, mesmo enfraquecido com a saída de Thiago Maia e com a contusão de Vitor Bueno (que voltará apenas em 2018), derrotou uma Chapecoense que começou bem o campeonato (chegou a liderar o mesmo), mas que depois caiu bastante. E assim o time da Vila Belmiro garantiu a permanência no terceiro lugar até o final desta rodada. 

Um dos três jogos que fecham a rodada tem um claro favorito (Sport contra o Atlético-GO), mas as outras partidas prometem ser equilibradas. O bom e jovem time do Fluminense, mas que possui uma defesa que toma muitos gols, enfrentará o bom time do Cruzeiro, que possui bons jogadores e que é muito bem organizado taticamente. 

O Atlético-PR, que fez uma boa partida contra o Corinthians, receberá o bom time do Botafogo, que joga muito bem quando atua fora de casa, fechando-se muito bem na defesa e explorando os contra-ataques. O time treinado por Jair Ventura derrotou o Fluminense (1 X 0), na semana passada, jogando desta forma. 

Resultados dos jogos de 19/07:

Vitória 1 X 3 Grêmio;
Santos 1 X 0 Chapecoense;
Avaí 0 X 0 Corinthians;
Flamengo 2 X 2 Palmeiras;
São Paulo 1 X 0 Vasco;
Ponte Preta 4 X 0 Coritiba;
Atlético-MG 0 X 2 Bahia.

Jogos de 20/07:

Fluminense X Cruzeiro;
Atlético-PR X Botafogo;
Sport X Atlético-GO.

Classificação:

1) Corinthians - 37 pontos;
2) Grêmio - 31 pontos;
3) Santos- 27 pontos;
4) Flamengo - 25 pontos;
5) Palmeiras - 23 pontos;
6) Botafogo - 22 pontos;
7) Cruzeiro - 21 pontos;
8) Sport - 21 pontos;
9) Vasco - 20 pontos;
10) Fluminense - 20 pontos;
11) Atlético-MG - 20 pontos;
12) Bahia - 19 pontos;
13) Coritiba - 19 pontos;
14) Ponte Preta - 18 pontos;
15) Chapecoense - 18 pontos;
16) Atlético-PR - 16 pontos;
17) São Paulo - 15 pontos;
18) Avaí - 14 pontos;
19) Vitória - 12 pontos;
20) Atlético-GO - 8 pontos.

Links:

http://www.lance.com.br/corinthians/jadson-tem-fraturas-costela-fica-fora-timao-por-menos-mes.html

http://www.lance.com.br/corinthians/timao-perde-pontos-quando-tem-mais-posse-bola-que-adversario.html

https://www.gazetaesportiva.com/campeonatos/brasileiro-serie-a/pablo-deixa-o-treino-mais-cedo-mas-e-confirmado-contra-o-avai/

Nenhum comentário:

Postar um comentário